Em meio a cessar-fogo na Faixa de Gaza, Exército de Israel mata um palestino e fere dez

Qdeih Abdelhadi Anwar, de 21 anos, era agricultor e trabalhava e morava em uma área próxima às colônias israelenses

Comentar
Compartilhar
23 NOV 201214h43

Em meio ao cessar-fogo entre Israel e o Hamas, movimento de resistência islâmico que controla parte da Faixa de Gaza, o Exército israelense matou um agricultor palestino e feriu dez pessoas. Segundo informações de profissionais de saúde palestinos, Qdeih Abdelhadi Anwar, de 21 anos, era agricultor e trabalhava e morava em uma área próxima às colônias israelenses na região de Gaza.

De acordo com relatos, os agricultores atingidos pelos disparos estavam desarmados. O episódio desta sexta-feira (23) é o primeiro registro de violação de cessar-fogo, definido na quarta (21) entre Israel e o Hamas, após oito dias de confrontos.
 
Em oito dias, pelo menos 167 pessoas foram mortas, sendo 162 palestinos e cinco israelenses. Mais de mil pessoas ficaram feridas. Israelenses e integrantes do Hamas acusam-se de atos de violência
 
A comunidade internacional condenou o uso desproporcional da força. Em nota, o Mercosul e o Ibas (grupo formado pela Índia, pelo Brasil e pela África do Sul) apelaram para a busca por um acordo de paz que cesse de forma definitiva a crise na região.
 
O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, defendeu nesta quinta-feira (22) o direito de haver dois Estados – o de Israel e o da Palestina.

Colunas

Contraponto