X
Cotidiano

Em janeiro, Lula sugeriu que militantes ocupassem o tríplex do Guarujá

O ex-presidente havia citado a possibilidade de ocupação após ter seu recurso negado e sua pena aumentada para 12 anos e um mês de prisão

Lula sugeriu que militantes ocupassem o tríplex do Guarujá / Divulgação/Instituto Lula

A possibilidade de militantes ocuparem o triplex do Guarujá (SP), fato que ocorreu nesta segunda-feira, 16, havia sido citada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um discurso após sua condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4º Região (TRF-4).

No dia 24 de janeiro, após ter seu recurso negado e sua pena aumentada para 12 anos e um mês de prisão, o ex-presidente fez um discurso na Praça da República, no centro de São Paulo, quando classificou a decisão judicial como uma "mentira" e negou mais uma vez ser dono do triplex. 

"Se eles me condenaram me deem pelo menos o apartamento", disse Lula, na ocasião. "Eu até já pedi para o Guilherme Boulos mandar o pessoal dele ocupar aquele apartamento. Já que é meu, ocupem "

Na manhã desta segunda, o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e pré-candidato à Presidência, Guilherme Boulos (PSOL), acompanhado de integrantes do movimento e da Frente Povo Sem Medo, ocupou o triplex e desafiou a Justiça a mostrar quem é dono do apartamento atribuído a Lula na denúncia do Ministério Público Federal. "Se é do Lula, o povo foi convidado e pode ficar lá. Queremos saber quem é que vai pedir reintegração de posse. Se não é do Lula, o Judiciário vai ter que explicar por que prendeu o Lula por conta desse tríplex", disse. 

Leilão

O leilão do imóvel, pivô da condenação de Lula, está marcado para os dias 15 e 22 de maio. Na sentença que condenou o petista, o juiz Sérgio Moro afirmou que o registro da matrícula do imóvel estava formalmente em nome da empresa OAS, mas que os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro estavam configurados por meio de "ocultação e dissimulação". Lula sempre negou ser proprietário do apartamento.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ELEIÇÕES 2022

Janones critica 'arrogância' de discurso da esquerda no Twitter

'Arrogância de setores da elite intelectual não lhes permite compreender que João Gomes forma mais opinião que Chico e Caetano', escreveu

Meio Ambiente

Desmatamento na Amazônia caminha para se tornar incontrolável, dizem especialistas

Com os níveis atuais de desmatamento registrados -com diversos meses com destruição amazônica acima dos 1.000 km²-, os compromissos climáticos internacionais do Brasil podem ficar em xeque, especialmente a redução da emissão de gases-estufa

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software