Educasurf está de cara nova

As pinturas do lado de fora foram renovadas neste último domingo (22), em alusão as praias e ao fundo do mar

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201516h41

O surf de Guarujá tem mais um motivo para se orgulhar. Além das praias, ondas e excelentes surfistas formados na Cidade, existem também projetos sociais que usam a modalidade como ferramenta de inclusão. Um deles, a Organização Não Governamental (ONG) Educasurf, que promove diversas atividades junto à população, ganhou uma nova aparência com a pintura da fachada em grafite, no último domingo (22).

Durante todo o dia, grafiteiros de Guarujá, Santa Catarina e São Paulo, estiveram na sede do projeto, localizado na Avenida Miguel Estéfno, ao lado do Posto 8 do Corpo de Bombeiros, para a pintura da parte de fora da ONG. Todo o trabalho foi feito a partir de um tema, em alusão as praias e ao fundo do mar. A iniciativa fez parte do Projeto “Pintando o Sete com o Surf”, que reuniu os artistas.

“Agradeço a todos que puderam prestigiar o evento, foram muito bem-vindos. Além disso, queria agradecer também aos grafiteiros que se disponibilizaram a deixar a nossa sede um ambiente muito bacana”, disse o presidente da ONG, Willian Pinto.

Ainda no local, os artistas também fizeram uma faixa, que será exposta no alambrado do Ginásio Marivaldo Fernandes – Guaibê, em agradecimento ao campeão do mundo Gabriel Medina, que após o título mundial, em dezembro de 2014, doou uma prancha para a ONG. Na ocasião, a prancha foi leiloada por cerca de R$ 80 mil. Toda a verba arrecadada será destinada aos projetos realizados pelo Educasurf.

O enceramento ficou por conta da equipe de Hip Hop da Secretaria Municipal de Cultura, que agitou o público, com uma apresentação de tirar o fôlego.

Educasuf – O projeto social foi criado em 2004. Desde então, oferece aulas de surfe e stand up paddle gratuitas à população da Cidade. Para participar das aulas e eventos promovidos pela ONG, é preciso que o munícipe tenha mais de sete anos e apresente RG, comprovante de residência e atestado escolar (para os menores de 18 anos). Já os turistas precisam pagar uma taxa, que varia de acordo com o esporte escolhido. A sede da Ong fica na Avenida Miguel Estéfno, no Posto 8 do Corpo de Bombeiros.

Projeto Salva-vidas – Além das tradicionais aulas esportivas, o Educasurf também promove palestras quanto aos cuidados e preocupações que se deve ter ao entrar no mar. Essas palestras acontecem em igrejas, associações de moradores e outras entidades, dentro e fora de Guarujá. As aulas podem ser solicitadas por ofício encaminhado à Ong. O telefone para contato é (13) 3012-3592.