Educação oferece 263 vagas a agentes de organização escolar na Baixada

A escolha de vagas é destinada a candidatos aprovados em concurso realizado em abril e pode ser feita a partir da próxima segunda (10).

Comentar
Compartilhar
05 DEZ 201209h54

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo oferece cerca de 9.500 vagas, 263 delas somente na região da Baixada Santista, a agentes de organização escolar aprovados no concurso público regional realizado em abril deste ano. A escolha de vagas pode ser feita a partir da próxima segunda-feira (10) nas diretorias regionais de ensino de Santos e São Vicente.

Os candidatos devem comparecer à diretoria regional de ensino onde se inscreveram nos horários indicados para cada unidade na convocação publicada hoje (05/12) no Diário Oficial do Estado, na qual consta também a relação de vagas por região. Os postos disponíveis também podem ser consultados no Portal da Secretaria da Educação (www.educacao.sp.gov.br).
 
A chamada obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação final por região. O candidato deverá comparecer munido de documentos pessoais (RG e CPF), ou se fazer representar por procurador legalmente constituído.

Assinada a ficha de escolha de vaga pelo candidato ou seu procurador, não será permitida, em hipótese alguma, desistência ou troca da vaga escolhida, sob qualquer pretexto. O candidato deverá fornecer, obrigatoriamente, e-mail pessoal a ser utilizado para recebimento de informações por meio do sistema GDAE. Não haverá nova oportunidade de escolha de vaga ao candidato retardatário ou ao que não atender à chamada no dia, horário e local determinados.
 
Entre as atribuições do agente de organização escolar, estão: zelar pelo bem-estar dos alunos e pela estrutura física da unidade; orientar os estudantes quanto às normas de conduta previstas no regimento escolar; controlar a movimentação dos alunos nas dependências da escola e imediações; auxiliar na manutenção da disciplina geral. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 840,00.

Colunas

Contraponto