Drone volta a ser utilizado no combate ao Aedes aegypti em Santos

A Secretaria de Saúde quer identificar possíveis criadouros de Aedes aegypti em locais de difícil acesso

Comentar
Compartilhar
12 SET 2018Por Da Reportagem20h01
Drone será utilizado no combate ao mosquito Aedes aegyptiFoto: Divulgação/PMS

A Prefeitura lançou pregão eletrônico para a compra de um drone, que será utilizado nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana.

Com o dispositivo, a Secretaria de Saúde quer identificar possíveis criadouros de Aedes aegypti em locais de difícil acesso, de forma a não colocar em risco a integridade física dos agentes de combate a endemias, além de checar imóveis fechados. As equipes serão capacitadas para manejar o equipamento.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Juliana Mikaro, explica que, anteriormente, foram feitas vistorias com drone, em parceria sem ônus para a Secretaria de Saúde, mas o equipamento não era próprio. "Agora, teremos a oportunidade de utilizar essa tecnologia a favor da saúde pública o ano inteiro, sempre que houver necessidade, e responder de forma mais assertiva às denúncias que chegam sobre possíveis criadouros em áreas que o agente não consegue acessar".

As propostas das empresas interessadas serão recebidas até as 14h30 do próximo dia 21 de setembro, com a disputa de lances marcada para iniciar meia hora depois. A verba utilizada para a compra é oriunda de emenda parlamentar. O edital para a aquisição do drone está disponível no Santos Portal (www.santos.sp.gov.br), no link Licita Santos.

Colunas

Contraponto