X
Cotidiano

Dois fortes ciclones se aproximam do norte da Austrália

As tempestades, apelidadas de "sanduíche de ciclone", são ambas esperadas para atingir áreas remotas na sexta-feira, 2.500 quilômetros da costa

Dois fortes ciclones estão a caminho de atingir o norte da Austrália. Autoridades alertam os cidadãos a sair das áreas costeiras ou se abrigar antes da chegada de chuvas intensas, ventos e possíveis enchentes.

As tempestades, apelidadas de "sanduíche de ciclone", são ambas esperadas para atingir áreas remotas na sexta-feira, 2.500 quilômetros da costa.

O ciclone Lam estava indo em direção a uma área pouco povoada do Território Norte, enquanto o ciclone mais forte, Marcia, era esperado para atingir a terra firme na costa leste de Queensland algumas horas depois, com rajadas de vento de até 295 quilômetros por hora.

O Serviço de Meteorologia alertou que o ciclone Marcia tem um "alto poder destrutivo" e ganhou força rapidamente e pode crescer ainda mais antes de atingir a costa e causar enchentes em áreas de baixa altitude. "É importante que todos os moradores de Queensland se preparem para chuvas fortes. A situação é grave", disse a primeira-ministra de Queensland, Annastacia Palaszczuk.

O ciclone Marcia está previsto para atingir a pequena cidade de St. Lawrence, local com poucos habitantes, para logo depois perder força enquanto se move para o sul. Os moradores empilharam sacos de areia, selaram janelas e estocaram suprimentos para se prevenir contra a tempestade.

Bill Ludwig, prefeito de Livingstne Shire, cidade próxima de onde o ciclone Marcia deve tocar o solo, espera que a tempestade se desloque para uma área rural. "Estamos torcendo para tudo dar certo", disse. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Força-Tarefa de Guarujá atende uma ocorrência de perturbação de sossego por hora

Média corresponde ao período de 20 de outubro a 20 de novembro, no qual foram atendidos 805 chamados dessa natureza em Guarujá

Brasil

Morre a atriz Mila Moreira aos 72 anos, no Rio de Janeiro

Causa da morte não foi divulgada

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software