Documentação de carro será 100% digital em 2021

Condutor poderá acessar documentos direto do seu celular; medida atende a uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito

Comentar
Compartilhar
06 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo14h06
Se o condutor possuir o documento de transferência de seu veículo no papel verde, ele continuará sendo válido para veículos adquiridos antes do dia 4 de janeiro de 2021Foto: Victor Sanchez/Unsplash

A emissão do Certificado de Registro (CRV) está sendo exclusivamente feita no formato eletrônico. A medida, que passou a valer na segunda-feira (4), atende a uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e traz maior praticidade ao cidadão, que poderá acessar o documento direto do seu celular ou computador.

O CRLV-e, que é a unificação em um documento digital do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e o Certificado de Licenciamento (CRLV), só poderá ser expedido após a quitação dos débitos, encargos e multas de trânsito.

Se o condutor possuir o documento de transferência de seu veículo no papel verde, ele continuará sendo válido para veículos adquiridos antes do dia 4 de janeiro de 2021.

No entanto, se o motorista vender o carro a partir de terça-feira (5) e possuir o documento digital, ele deverá solicitar a Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo em meio digital (ATPV-e).

A entrega do CRV original com reconhecimento de firma ou nota fiscal e decalque do chassi-veículo zero km deverá ser feita no momento de compra e venda. O agendamento deve ser realizado através do site do Detran (detran.sp.gov.br) ou do Poupatempo (poupatempo.sp.gov.br).

Para fins de fiscalização, o motorista poderá apresentar o CRLV-e na versão digital, via aplicativo, ou em documento impresso.