X

Cotidiano

Diretor de 'Nosso Lar 2' conversa com o público de Santos e região

Em entrevista exclusiva ao Diário, Wagner de Assis falou das expectativas sobre o novo filme

Jeferson Marques

Publicado em 22/01/2024 às 14:15

Atualizado em 22/01/2024 às 14:47

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Depois de 14 anos, "Nosso Lar 2" estreia em todo o território nacional / Divulgação/Nosso Lar 2

O 1º filme "Nosso Lar", lançado em 2010, bateu recorde de bilheteria nacional em apenas uma semana de exibição. E nesta quinta, 25 de janeiro - 14 anos depois - chega "Nosso Lar 2", que é baseado no livro "Os Mensageiros", de Chico Xavier, e também tem a direção de Wagner de Assis, que deu uma entrevista exclusiva ao Diário do Litoral e conversou com o público da nossa região.

Por vídeo, de Assis falou que todos os sentimentos que envolvem este 2º filme são diferentes do 1º.

Para assistir, basta clicar aqui.

"É uma mistura de expectativas e gratidão por tudo o que foi realizado. Um pacote de emoções que serão apresentadas ao público a partir do dia 25. Vamos em frente", diz.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O diretor disse que a pós-produção de "Nosso Lar 2" levou 18 meses, enquanto o tempo de filmagem levou cerca de 6 meses, em 2022.

"É um trabalho árduo, duro, mas prazeroso. Formamos uma família que se cuida e que se gosta, e assim seguimos adiante com as memórias que vivemos. Construímos um grupo unificado que olhou para a mesma direção, e esperamos que as pessoas gostem do resultado que verão na tela", comenta.

Apesar de ser um filme baseado em uma obra de Chico Xavier, a maior figura espírita kardecista do Brasil, de Assis diz que o longa não é exclusivo deste público.

"O próprio espiritismo não é detentor da base do filme. Há assuntos que estão presentes no mundo desde sempre, como vida após a vida, anjos da guarda etc. A mediunidade está no mundo, também, e não é exclusiva do espiritismo. Ou seja, ele (filme) não é feito somente para espíritas, pois se expande para algo universal. As conexões com as pessoas ocorrem por estas variantes, além de ser uma produção grande, com efeitos especiais, várias histórias juntas e tudo mais", pontua.

Na trama, um grupo de espíritos mensageiros liderados por Aniceto (entre eles, o médico André Luiz), recebem a missão de ir à Terra para ajudar no resgate de três protegidos cujas histórias interligadas estão prestes a fracassar.

Mensagens

Wagner de Assis pontua que "Nosso Lar 2" deve causar discussões sobre pontos de vista após as sessões de cinema, em grupos de familiares e amigos. Para o diretor, o amor e o perdão geram essa necessidade de conversar.

"São muitas as mensagens que queremos transmitir. Há sempre alguém disposto a nos ajudar e essa é a reflexão principal da obra. Podemos e devemos querer dias melhores através da esperança e com o coração preenchido de amor. E gostaria muito que, dentro de cada um, essas mudanças possam começar a ocorrer", finaliza.

"Nosso Lar 2" estreia nesta quinta, 25 de janeiro, nas maiores redes de cinema do Brasil.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

São Vicente anuncia Praça Pet, após '1ª Cãominhada da Alegria'

Isso será muito legal, pois vai acontecer uma soma de forças para que a nossa Cidade caminhe para frente

São Vicente

Vacina contra o HPV é aplicada em crianças e adolescentes, em São Vicente

Esquema de aplicação deve ser o seguinte: não vacinados, que no caso não possuem dose registrada, irão receber a dose única do imunizante

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter