Diretor de hospital diz que vida de Sharon "corre perigo"

O ex-primeiro-ministro de Israel está em coma desde janeiro 2006, quando sofreu um grave acidente vascular cerebral

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201421h09

O diretor do hospital onde o ex-primeiro-ministro de Israel Ariel Sharon está internado disse que seu estado de saúde é grave e sua vida corre perigo. Zeev Rotstein, do hospital Tel Hashomer, declarou nesta quinta-feira que o funcionamento de "vários órgãos essenciais" registrou declínio, mas não explicou o que isso quer dizer.

Rotstein afirmou, porém, que o estado de saúde de Sharon é "crítico" e que sua "vida corre perigo", mas que os familiares do ex-premiê estão ao seu lado.

Sharon, de 85 anos, está em coma desde janeiro 2006, quando sofreu um grave acidente vascular cerebral (AVC). Uma das figuras mais icônicas e controversas de Israel, o líder de direita foi eleito primeiro-ministro pela primeira vez em 2001.