X
Cotidiano

Detran de Guarujá põe em risco a vida de usuários e funcionários

Reportagem do Diário descobriu a situação precária e, até perigosa, a qual diariamente são submetidos motoristas e funcionários

Após denúncia por telefone de um cidadão de Guarujá, a Reportagem do Diário descobriu a situação precária e, até perigosa, a qual diariamente são submetidos motoristas e funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que funciona atrás do Poupatempo de Vicente de Carvalho – Avenida Presidente Castelo Branco, 357, Jardim Cunhambebe – em um local mal sinalizado, sem asfalto, sem iluminação e totalmente vulnerável à ação de marginais.

No local, 11 funcionários não quiseram conceder entrevista, mas confirmaram que já tiveram ferramentas e pertences roubados tanto na chegada, quanto na saída do órgão, único responsável por vistorias e lacrações de veículos de milhares de pessoas entre 8 e 17 horas.

Os motoristas também sofrem com a ação frequente de marginais, que não escolhem hora para atacar. Geralmente, escondidos ao lado da única entrada e saída do órgão. Segundo informações, uma funcionária de uma empresa terceirizada pelo Detran chegou a sofrer ameaça de estupro.

Não precisa ser nenhum perito trabalhista para perceber que os funcionários trabalham sob más condições operacionais – em um espaço de praticamente 10 metros quadrados e sob um toldo danificado pelas pedras jogadas por adolescentes, alugado pela Prefeitura de Guarujá. A Reportagem descobriu ainda que não há vestiário, vaso sanitário e nem uma única pia para higiene pessoal.  

A Prefeitura de Guarujá, responsável pelo pagamento do aluguel do espaço destinado ao Detran, informa que vem analisando a situação, estudando medidas e, assim que tiver detalhes mais concretos divulgará as informações pertinentes. O Detran-SP não se manifestou.

 

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia prende dois homens suspeitos de tráfico de drogas em São Vicente

Os agentes estavam em um patrulhamento preventivo pela Rua Antônio Luís Barreiros, no bairro Japuí, quando encontraram dois homens na trilha do surfista

Política

Bolsonaro blinda orçamento secreto e sanciona fundo eleitoral de R$ 4,96 bilhões

O governo ainda manteve intocadas as chamadas emendas de relator, instrumento usado por congressistas aliados para irrigar seus redutos eleitorais com verba federal

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software