Desemprego em Santos cresce para 12,2%

Segundo a pesquisa, em março, 26.512 pessoas estavam desempregadas contra 17.747 em setembro de 2014

Comentar
Compartilhar
30 MAI 201510h56

O desemprego subiu para 12,2% em Santos, segundo o Núcleo de Estudos Socioeconômicos (Nese) da Universidade Santa Cecília (Unisanta), com base em dados de março, divulgados ontem. O resultado mostra um aumento de 33% com relação a setembro, quando o índice foi de 8,9%. O desempenho de março deste ano também é superior em relação a igual mês do ano passado, quando registrou 11,1%.

Segundo a pesquisa, em março, 26.512 pessoas estavam desempregadas contra 17.747 em setembro de 2014. A pesquisa aponta ainda que, em comparação às outras pesquisas, o volume de desempregados é o maior. "A perspectiva é de agravamento do índice de desemprego até que haja uma recuperação da capacidade de investimento do País", comenta o economista e responsável pela pesquisa, Jorge Manuel de Souza Ferreira.

O perfil do desempregado é predominantemente do sexo masculino com idade de 16 a 29 anos e escolaridade desde fundamental até superior. Segundo a pesquisa, o resultado tende ao equilíbrio com o sexo feminino, pois a população da cidade tem mais mulheres do que homens.

O desemprego subiu para 12,2% em Santos (Foto: Divulgação)

A pesquisa foi realizada, durante o mês de março, em 500 domicílios, totalizando um universo de 1.313 pessoas (sendo 722 mulheres e 591 homens), o que corresponde a 0,41 % da população residente, conforme dados estatísticos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010. Este universo garante margem de erro de 1,9% sobre os índices apurados.