Descartes de lixo em áreas externas de Ecopontos são proibidos em Praia Grande

Denúncias podem ser feitas pelo telefone 153. Equipamentos abrem de segunda a sexta

Comentar
Compartilhar
25 JUN 2020Por Da Reportagem21h10
O fechamento foi necessário devido ao período de pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19)Foto: Divulgação/PMPG

As 18 unidades Ecopontos de Praia Grande estão, desde o mês de abril, com horário diferenciado de funcionamento, passando a não atender aos sábados, como normalmente aconteceria. O fechamento foi necessário devido ao período de pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) e, principalmente, após o registro da diminuição do movimento no local durante a quarentena.

A Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), responsável pelo espaço, estuda a possibilidade de retorno do funcionamento nos sábados. Enquanto isso, o setor salienta que é terminantemente proibido o descarte no lado externo do equipamento, especialmente fora do seu horário de funcionamento. Os espaços são monitorados pela Guarda Civil Municipal (GCM) e denúncias sobre este tipo de ação irregular podem ser feitas pelos telefones do setor 153 e 199.

De acordo com o subsecretário de Áreas Verdes e Resíduos Sólidos da Sesurb, Marcelus Condé Machado, a população tem que ficar atenta ao cronograma de funcionamento destes equipamentos e demais serviços de recolha oferecidos pelo Município. “No caso dos recicláveis, todos os bairros da Cidade são atendidos pela Coleta Seletiva três vezes por semana. A população ainda tem os Ecopontos disponíveis de segunda a sexta. E, para itens como, por exemplo, móveis e eletrodomésticos velhos, os caminhões do Programa Rapa Treco passam semanalmente em todos os bairros. Portanto, não há justificativa para o descarte irresponsável da população em áreas públicas”.

Quem for flagrado realizando descarte irregular de lixo em espaços públicos pode sofrer sanções de acordo com o Código de Posturas Municipais (Lei 657/89), as normativas da gestão dos resíduos da construção civil (Lei 1660/2013) e leis ambientais como a de Crimes Ambientais (Lei 9605/98), dependendo da situação.

As unidades Ecopontos de Praia Grande contam com caçambas para o descarte de materiais como vidro, plástico, entulho, metal e madeira. Além disso, os locais recebem até 2m³ de entulho (resíduos da construção civil) por pessoa – para volumes maiores, é necessário que a pessoa contrate o serviço de aluguel de caçamba particular. Todas as unidades recebem também pilhas e óleo de cozinha. E os ecopontos Caiçara, Aviação e Esmeralda recebem também o descarte de pneus. Todas unidades estão funcionando de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Confira os endereços das 18 unidades existentes em Praia Grande:

* Anhanguera - Rua Clovis Batista dos Santos - antiga Rua Particular, na altura da Rua José Barbosa de Andrade;
* Antártica - Rua João Batista de Siqueira, s/nº, entre as Ruas Profundir e Luzia Borba Ranciaro;
* Aviação - Rua Jose Alves Maciel com Rua Jorge Hagge;
* Boqueirão - Esquina da Rua Guanabara com a Praça 19 de Janeiro;
* Caiçara - Avenida Presidente Kennedy, ao lado do º 13684;
* Canto do Forte - Esquina da Rua Xixová c/ Av. Ecológica Yolanda de Trentine Giufrida;
* Esmeralda - Avenida Ana Pereira de França, em frente ao número 735;
* Maracanã - Esquina da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas com Rua Dorivaldo Francisco Loria;
* Melvi - Rua Leopoldo Augusto Miguez, entre às Ruas João Caetano e Marcelino de Oliveira - ao lado da Usafa Melvi;
* Mirim - Avenida Presidente Kennedy, ao lado nº 8462 entre as Ruas: 26 de Janeiro e Aldo Coli;
* Nova Mirim - Rua Martiniano José das Neves com Nova Mirim, ao lado nº 1410;
* Ocian - Rua Gilberto Amado, 276;
* Quietude - Rua das Acácias, s/nº, esquina com a Rua Eros Emílio Turolla, na altura da Praça Wilson Floriano de Lima;
* Real - Rua Lilás ao lado do nº 425;
*Ribeirópolis - Esquina das Avenidas Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Agostinho Ferreira;
* Sítio do Campo - Rua Saturnino de Brito com Alexandre de Gusmão;
* Solemar - Esquina da Avenida Presidente Kennedy com Rua Cassimiro de Abreu;
* Vila Sônia - Rua Arnaldo Augusto Batista, dentro da Feira Confinada.