SEDUC

Dersa aguarda 266 mil usuários nas travessias litorâneas

A travessia Santos/Guarujá é a mais procurada e deve receber 128 mil usuários neste feriado de 9 de julho

Comentar
Compartilhar
06 JUL 2019Por Da Reportagem08h30
A Dersa mantém painéis de mensagens com informações em tempo real sobre as travessiasFoto: Nair Bueno/DL

A travessia Santos/Guarujá, operada pela Dersa, deve receber quase 128 mil usuários neste feriado prolongado do dia 9 de julho, quando é comemorada a Revolução Constitucionalista de 1932.

Desse total, 93.689 são veículos (motos, automóveis e caminhões) e o restante, ciclistas e pedestres. A Secretaria de Logística e Transportes (SLT) realiza esquema especial para a data. A Operação 9 de Julho teve início ontem e se estende até terça-feira.

Durante os quatro dias do feriado prolongado, a Dersa aguarda 266.757 usuários nas oito travessias administradas pela empresa em todo o litoral paulista (127.364 veículos). A mais procurada é a de Santos/Guarujá, seguida por São Sebastião/Ilhabela, com estimativa de quase 54 mil usuários (22.339 veículos).

A Dersa mantém painéis de mensagens variáveis com informações em tempo real sobre as travessias e mensagens educativas, possibilitando que os motoristas evitem horários de pico, programem a viagem e, eventualmente, possam buscar rotas alternativas para seus destinos. A exemplo do que ocorreu durante o Carnaval, 13 PMV´s (Painéis de Mensagens Variáveis) seguem instalados em pontos estratégicos dos viários municipais.

O usuário também tem à disposição o aplicativo Travessias, que traz informações sobre tempo para embarque em cada travessia, imagens online de câmeras de monitoramento, condições meteorológicas, tarifas e avisos ao usuário. O aplicativo está disponível gratuitamente para smartphones com sistemas Android e IOS.

Para garantir agilidade na oferta de embarcações à população, a atual gestão mantém as manutenções em período noturno, implantadas neste ano. Antes elas eram feitas apenas de segunda a sexta-feira e em horário comercial.

Em cada região (litoral norte, litoral centro e litoral sul) também haverá um caminhão-tanque com combustível extra para as embarcações.