Demanda por crédito entre consumidores caiu 12,% em abril, diz Serasa

No acumulado do ano (janeiro a abril), a demanda do consumidor por crédito registrou aumento de 4,3% ante o mesmo período de 2014

Comentar
Compartilhar
18 MAI 201516h19

A quantidade de pessoas que recorreram ao crédito caiu 12,2% em abril de 2015 na comparação com o mês anterior. Comparado a abril de 2014, também houve retração de 0,5% na busca por crédito. Os dados foram divulgados hoje (18) pela Serasa Experian.

No acumulado do ano (janeiro a abril), a demanda do consumidor por crédito registrou aumento de 4,3% ante o mesmo período de 2014.

Para os economistas da Serasa Experian, a escalada das taxas de juros dos empréstimos e financiamentos e a queda da renda real por conta da inflação mais elevada e o baixo grau de confiança do consumidor tiveram impacto negativo na disposição do brasileiro em assumir novas dívidas, o que diminui a procura pelo crédito.

A queda na demanda foi igual em todas as faixas de renda. Para os que ganham até R$ 500 por mês, a procura por crédito caiu 12% em abril. Entre os que recebem de R$ 1 mil a R$ 2 mil mensais, a redução chegou a 12,3%. Para as demais faixas de rendimentos (entre R$ 500 e R$ 1 mil e acima de R$ 2 mil), a retração alcançou 12,2%.

Na comparação entre abril e março deste ano, todas as regiões do país registraram queda. A maior delas foi registrada no Nordeste, com redução de 12,6%. No Norte e no Sudeste, o recuo foi, respectivamente, de 12,4% e 12,3%.12,3%. Na regiões Sul e Centro-Oeste, a retração alcaçou 11,9% e 11,6%.