Defesa Civil aciona plano preventivo anual para período de chuva

A ação visa prevenir acidentes e redobrar a atenção em áreas de risco, principalmente nos morros, em razão da maior ocorrência de chuva neste período.

Comentar
Compartilhar
04 DEZ 201309h35

O PPDC (Plano Preventivo de Defesa Civil) 2013-2014, desenvolvido em parceria com a coordenação da regional de Defesa Civil do Estado e apoio do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo) e IG (Instituto Geológico), teve início no domingo (1º) e segue até 30 de abril.

A ação anual visa prevenir acidentes e redobrar a atenção em áreas de risco, principalmente nos morros, em razão da maior ocorrência de chuva neste período do ano. Neste ano, o plano se inicia já com os morros em estado de atenção, segundo o chefe da Defesa Civil, Daniel Onias, devido ao volume de chuvas acima da média nos últimos meses.

Cerca de 100 pessoas estão envolvidas no plano, que tem apoio da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego); FSS (Fundo Social de Solidariedade), além das polícias Militar e Ambiental, Corpo de Bombeiros, Ministério Público, Sabesp, CPFL e Telefônica.

Neste ano, o plano se inicia já com os morros em estado de atenção, segundo o chefe da Defesa Civil, Daniel Onias, devido ao volume de chuvas acima da média nos últimos meses

No último período do PPDC, de dezembro de 2012 a abril, foram registradas 66 ocorrências, sendo 19 deslizamentos de terra, 26 quedas de árvores, 9 quedas de blocos, 8 vistorias estruturais, três inundações e uma queda de barraco.

Níveis de operação da Defesa Civil
- Observação: prevê o acompanhamento intensivo do nível de chuva e vistorias nos morros;

- Atenção, quando o acumulado, em 72 horas, atinge 100 mm;

- Alerta, quando há sinais de escorregamentos, frente fria de longa duração e acumulado superior a 100 mm, com remoção preventiva da população em áreas de risco iminente;

- Alerta máximo, para escorregamentos generalizados e necessidade de remoção de moradores.