Custo da construção paulista sobe 6,6% em 12 meses

Em janeiro, o CUB para obras não incluídas na desoneração da folha, ficou em R$ 1.173,40 por metro quadrado, 0,33% superior a dezembro

Comentar
Compartilhar
03 FEV 201516h10

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil no Estado de São Paulo registrou alta de 6,66% nos últimos 12 meses, com aumento de 8,84% nos custos com a mão de obra; 3,09% nos materiais e 11,78% nos salários dos engenheiros. Os dados, divulgados hoje (3), são calculadas pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon SP) e pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e se referem a obras que não tem desoneração da folha de pagamentos.

Já o CUB das obras incluídas na desoneração da folha subiu 6,57% em 12 meses. Na mesma base de comparação, aumentaram em 8,96% os custos com a mão de obra, 3,09% com materiais e 11,78% os salários dos engenheiros.

Em janeiro, o CUB para obras não incluídas na desoneração da folha, ficou em R$ 1.173,40 por metro quadrado, 0,33% superior a dezembro. Os custos com mão de obra subiram 0,45%; os materiais de construção, 0,10%; e os salários dos engenheiros, 0,77%.

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil no Estado de São Paulo registrou alta de 6,66% nos últimos 12 meses (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Quanto às obras incluídas na desoneração da folha de pagamentos, o CUB de janeiro ficou em R$ 1.091,85 por metro quadrado, 0,35% superior a dezembro. Os custos com mão de obra apresentaram alta de 0,51%, os custos com materiais de construção subiram 0,10%, e os salários dos engenheiros apresentaram acréscimo de 0,77%.

Colunas

Contraponto