Curso para motorista profissional em Santos retoma aulas presenciais

A retomada será voltada para alunos que já tiveram a inscrição efetivada. A qualificação é oferecida pela CET de forma gratuita e destina-se a motoristas da Cidade

Comentar
Compartilhar
24 JUN 2021Por Da Reportagem17h25
O programa conta com sete aulas, uma para cada tema abordadoO programa conta com sete aulas, uma para cada tema abordadoFoto: Divulgação/PMS

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) retoma, de forma presencial, a partir de segunda-feira (28), o curso para formação de motorista profissional. As aulas irão até 6 de julho para duas turmas com 10 participantes cada e acontecerão na sede da empresa (Av. Rangel Pestana, 100 – Vila Mathias), cumprindo medidas sanitárias para prevenção à covid-19. A retomada será voltada para alunos que já tiveram a inscrição efetivada.

Os participantes deverão, obrigatoriamente, utilizar máscara; será disponibilizado álcool em gel e respeitado distanciamento social. A primeira turma será no horário das 8h às 10h e a segunda, das 10h30 às 12h30.

A qualificação é oferecida pela CET de forma gratuita e destina-se a motoristas da Cidade interessados em trabalhar com táxi, transporte escolar ou autolotação em Santos.

O programa conta com sete aulas, uma para cada tema abordado: Legislação de Trânsito, Noções de Mecânica, Direção Defensiva, Primeiros Socorros, Relações Humanas, Turismo e Legislação Municipal.

PRÓXIMAS TURMAS

No próximo dia 12, às 9h, pelo site www.cetsantos.com.br, estarão abertas as inscrições para as turmas de julho, que serão encerradas assim que preenchidas as vagas oferecidas ou até cinco dias antes do início do curso. As aulas serão de 22 a 30 de julho.

A distribuição das vagas para cada horário segue a ordem de acesso ao sistema. Pelo site, o interessado faz a pré-inscrição com dados cadastrais e, no ato, é informado sobre a lista de documentos que deverá encaminhar, dentro do prazo determinado, por meio de Whats App.
Os documentos requisitados são foto legível da CNH e de comprovante de residência em Santos (datado, no máximo, de 90 dias).