Curso de mecânica e manutenção de aeronaves deve ser retomado em 2020

Assunto foi tema de reunião, nesta terça-feira (17), entre vereadores guarujaenses e a superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá

Comentar
Compartilhar
17 SET 2019Por Da Reportagem15h30
Curso oferecido pela Etec Santos Dumont teve a homologação suspensa pela ANACFoto: Nair Bueno/DL

Os vereadores Edilson Dias, Pastor Sargento Marcos e Andressa Sales estiveram na manhã desta terça-feira (17) em São Paulo, onde participaram de uma reunião no Centro Paula Souza - órgão responsável pela gestão das Fatecs e Etecs presentes no Estado de São Paulo. O curso estava suspenso, conforme noticiado pelo Diário do Litoral.
 
Os parlamentares foram recebidos pela diretora-superintendente, Laura Laganá, e por técnicos do órgão. Na pauta do encontro, a retomada do Curso Técnico de Mecânica e Manutenção de Aeronaves, oferecido pela Etec Santos Dumont - que teve a homologação suspensa pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), no ultimo mês de maio.

Durante o encontro, os parlamentares pediram detalhes sobre quais medidas têm sido adotadas pelo Centro Paula Souza a fim de garantir a retomada do curso e, sobretudo, um prazo para o reinício das atividades.
 
A superintendente explicou que a Agência Nacional de Aviação Civil passou a exigir, a partir deste ano, uma série de ajustes, de planejamento e de documentações, para homologar as atividades - o que é fundamental para certificação dos alunos.
 
Todas as medidas necessárias, segundo ela, têm sido adotadas, dentro de um processo que envolve cinco etapas. "Estamos na terceira etapa e devemos avançar para a quarta etapa, a partir do mês que vem. Nossa expectativa é que esse processo seja concluído o mais rápido possível e, assim, possamos retomar as aulas em 2020", informou.
 
Laura Laganá também fez questão de ressaltar que é de interesse do Centro Paula Souza a permanência do curso, tendo em vista a sua grande importância e tradição, e pediu apoio dos vereadores na condução das tratativas junto à ANAC. "A mobilização de todos, especialmente na esfera federal, agora é muito importante para que haja celeridade nesse processo", enfatizou ela.
 
Apoio Federal

Os vereadores, por sua vez, assumiram o compromisso de acionar deputados e outras autoridades federais com que tenham vínculos partidários, para reforçar o pleito e auxiliar no processo.
 
Uma reunião com representantes do escritório regional da ANAC, no Rio de Janeiro, deve ser agendada para as próximas semanas, com o apoio desses representantes.

Colunas

Contraponto