X

Cotidiano

Cubatão volta a sediar Festival de Bandas e Fanfarras

Evento encerra circuito que percorreu outras nove cidades desde agosto

Da Reportagem

Publicado em 22/11/2018 às 04:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Banda Marcial de Cubatão já foi convidada especial do 2º Concurso de Bandas e Fanfarras de Santos / Divulgação/PMC

A cidade de Cubatão se prepara para voltar a receber o Festival de Bandas e Fanfarras, depois de oito anos. O evento será realizado no próximo dia 24 de novembro e é a última etapa antes da Copa do Brasil, a disputa mais importante da categoria, marcada para o dia 2 de dezembro.

O desfile começa às 13h na Rua Rivaldo Alves Feitosa (Conjunto Rubens Lara), bairro Parque São Luiz. Foram convidadas 10 bandas da Baixada Santista que virão de Santos, São Vicente e Guarujá, enquanto a cidade-sede será representada pelas fanfarras das escolas Ulysses Guimarães e Padre José de Anchieta.

Diferentemente dos concursos, o Festival é caracterizado pelo desfile das bandas, com dois ou três números de música e coreografias. Apresenta ao público as bandas que ainda não possuem estrutura para participar de concursos. É uma ótima oportunidade para se divertir e conhecer as corporações. "Agora o colorido volta para Cubatão. Por isso, temos que agradecer o apoio da Prefeitura via Secretaria de Educação", comenta o presidente da Associação de Bandas e Fanfarras do Litoral Paulista (Afaban), Luiz Carlos Ferreira de Araújo.

Além das fanfarras regionais, bandas de outras cidades de São Paulo também vão participar do evento. O destaque vai para a Banda da Reserva do Exército, que abrirá o Festival, e para a Banda Municipal de Louveira, que fará o encerramento. No total, são esperados cerca de 1500 instrumentistas.
 
No final do evento, todas as corporações receberão um troféu de participação. O concurso encerra o calendário de eventos de bandas e fanfarras que começou em agosto e percorreu outras nove cidades do Estado. Em dezembro, é a vez das bandas que conquistaram vaga na Copa do Brasil disputarem o título na capital paulista.

O evento tem a realização da Organização Social Abaçaí - Cultura e Arte, do Conservatório de Tatuí e da Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo. O apoio é da Associação das Bandas e Fanfarras da Região de Ribeirão Preto, Associação Paulista de Fanfarras e Bandas, Associação de Fanfarras e Bandas do Litoral Paulista (Afaban) e Prefeitura de Cubatão.
 
Afaban

A Associação de Fanfarras e Bandas do Litoral Paulista (AFABAN) é um órgão representante da classe em nosso Estado, e uma das mais atuantes instituições do país. Foi fundada na década de 1990, com a finalidade de congregar os maestros das bandas e fanfarras do estado para um fórum de discussões sobre a realidade e as possibilidades das corporações musicais.

A Associação já realizou diversos projetos que beneficiaram a população e seus filiados, entre eles desfiles, cursos e concursos de bandas e fanfarras em parceria com instituições públicas e privadas.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Negou

Ex-prefeito Bili garante que não houve dolo e que vai recorrer de decisão

O juiz Leonardo de Mello Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), condenou o ex-prefeito Luis Cláudio Bili Lins da Silva por improbidade administrativa e dano ao erário

Itanhaém

Vamos ajudar? Banco de leite materno de Itanhaém precisa de doações

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter