Cubatão volta a participar da Hora do Planeta

Neste sábado, às 20h30, luzes serão apagadas por uma hora. Este é o sétimo ano consecutivo em que o município participa do programa

Comentar
Compartilhar
24 MAR 201516h59

Simbolizando a importância da conscientização para o combate ao aquecimento global, Cubatão também volta a apagar por uma hora as luzes no monumento ao Cristo Redentor situado no Parque Cotia-Pará, no Paço Municipal, na Biblioteca Municipal Central e na Praça da Cidadania da Vila São José. A população é convidada a também aderir ao projeto Hora do Planeta, apagando as luzes de suas casas neste sábado (28), das 20h30 às 21h30.

Este é o sétimo ano consecutivo em que o município participa deste programa de alcance mundial promovido pelo World Wide Fund for Nature (WWF), e que foi iniciado em 2007 em Sidney, na Austrália. Já no ano seguinte, teve a adesão de 131 cidades em 35 países. Cubatão e o Brasil participaram pela primeira vez em 2009.

Como explicou então o diretor executivo do programa, Andy Ridley, é uma oportunidade para que as pessoas de todo o mundo votem nessa importante questão global: "Por sua própria natureza, a Hora do Planeta constitui a essência da ação de organização de base. É uma oportunidade para que indivíduos de todos os cantos do mundo se unam em uma única voz e façam um apelo para que se aja contra as mudanças climáticas", disse.

Destacada durante a conferência Eco-92 como Símbolo da Recuperação Ecológica Mundial, Cubatão é uma cidade emblemática nesse projeto, ao demonstrar assim a preocupação de toda a comunidade com a preservação ambiental. "A comunidade cubatense foi uma das que mais sofreu com a poluição atmosférica, em todo o mundo, e conseguiu reverter esse quadro, com muito esforço, nas últimas décadas, ao ponto de hoje reivindicar o status de estância turística", lembrou a prefeita Marcia Rosa, citando: "Cubatão mostrou assim que, com a união de todos, é possível mudar e termos um mundo melhor".