Cubatão terá oficinas Querô para estudantes produzirem filmes

Programa abrangerá 600 alunos das oitavas séries do Ensino Fundamental.

Comentar
Compartilhar
26 JAN 201312h37

Neste ano, pela primeira vez, Cubatão contará com atividades das Oficinas Querô nas escolas municipais, permitindo a 600 alunos das oitavas séries planejarem e produzirem filmes, e com eles concorrer em festivais e premiações. Na próxima segunda-feira (28/1), às 8h30, no Cine Roxy do Parque Anilinas, haverá um encontro com as equipes das escolas (diretores, coordenadores pedagógicos e outros participantes), para organizar a aplicação deste programa na cidade.

O programa em Cubatão tem algumas diferenças em relação ao praticado em Santos. Como será detalhado no encontro do dia 28, a partir do reinício das aulas as escolas municipais farão uma pré-seleção dos temas para os filmes, dentro do eixo "Protagonismo Juvenil nas Escolas". Em fins de fevereiro, representantes do Querô farão nas escolas a primeira parte das oficinas com os alunos, distribuindo as fichas para os interessados se inscreverem no projeto (a intenção é que 60% dos cerca de mil alunos das oitavas séries se inscrevam).

Os grupos assim formados terão de 20 a 30 dias para montarem os roteiros, nas salas de aula, com o apoio dos professores, e então o Querô voltará a Cubatão para fazer as filmagens.

As obras assim produzidas participarão de festivais do setor, como o Curta Santos e o Festival do Minuto, e as melhores em várias categorias receberão prêmios durante a Semana de Esporte Educação e Cultura, que será promovida com os alunos cubatenses e suas famílias, de 7 a 11 de outubro.

Em fins de fevereiro, representantes do Querô farão nas escolas a primeira parte das oficinas com os alunos, distribuindo as fichas para os interessados se inscreverem no projeto. (Foto: Divulgação)