Cubatão recolhe quase 5 toneladas de detritos do Rio Casqueiro

O mutirão ao longo da Avenida Beira Mar ocorreu pela manhã. Cerca de cem pessoas participaram da ação ambiental

Comentar
Compartilhar
25 SET 2019Por Da Reportagem08h30
Voluntários se unem em ação ambientalFoto: Divulgação/PMC

No Dia Mundial da Limpeza, no último sábado (21), voluntários e funcionários da Prefeitura recolheram quase 5 toneladas de detritos das margens do Rio Casqueiro, em Cubatão.

O secretário de Meio Ambiente, Hallan Clemente, informou que foram coletadas 4 toneladas de restos de madeira, 600 quilos de plástico e 40 quilos de vidro, dentre outros detritos lançados irregularmente nas águas. O mutirão ao longo da Avenida Beira Mar ocorreu pela manhã.

Cerca de cem pessoas participaram da ação ambiental. "Apenas da Escola Técnica Federal de Cubatão contamos com o auxílio de 47 alunos e colaboradores", apontou o secretário.

A ação teve também o apoio da Sabesp, Comgás, Associação Beneficente de Catadores de Material Reciclável da Baixada Santista (ABC-Marbas), Projeto Limpa Rios, Associação de Moradores da Ilha Caraguatá e de integrantes da ONGs EcoPhalt e Nudaer.

Vale lembrar que os detritos geralmente são lançados no rio por moradores de municípios vizinhos. Em razão da força da maré, o lixo cruza o rio, causando transtornos aos residentes no Jardim Casqueiro.

O material que pode ser reciclado foi encaminhado para o Galpão de Reciclagem – Unidade Municipal de Triagem, localizado na Rua Tenente Coronel Geraldo Aparecido Correa, s/nº, Sítio Cafezal, onde atua a cooperativa ABC Marbas.

Mundo – O Instituto Limpa Brasil é o responsável por organizar e coordenar as ações em território nacional. Mas o movimento surgiu na Estônia, país localizado no norte da Europa, em 2008. Naquele ano, 50 mil pessoas se uniram para limpar o país em apenas cinco horas. Atualmente 157 países e territórios participam dessa ação ambiental.