CPTEC coloca Baixada em 'alerta laranja' para risco de chuvas fortes entre domingo e terça

Moradores de áreas situadas nos morros devem ficar atentos para os riscos de escorregamento

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2021Por Da Reportagem16h32
Depois do Climatempo alertar toda a Baixada Santista para o risco de chuvas fortes e temporais entre o domingo (18) e a segunda-feira (19), agora é a vez do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).Depois do Climatempo alertar toda a Baixada Santista para o risco de chuvas fortes e temporais entre o domingo (18) e a segunda-feira (19), agora é a vez do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).Foto: Reprodução/Site/CPTEC

Depois do Climatempo alertar toda a Baixada Santista para o risco de chuvas fortes e temporais entre o domingo (18) e a segunda-feira (19), agora é a vez do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) colocar a Região no que eles chamam de "zona laranja de riscos", ou seja, "estado de observação".

Um sistema de baixa pressão atmosférica se aprofunda a partir de domingo (18) próximo à costa de São Paulo e vai deixar o tempo instável no litoral paulista no domingo e também na segunda-feira (19). Nesses dias há potencial para o risco de chuva forte com raios, que pode acumular volumes expressivos, especialmente no litoral sul e na Baixada Santista. Essa baixa pressão também poderá causar rajadas de vento moderadas a fortes, chegando a 60km/h na segunda-feira, dizia o comunicado do Climatempo. Já o CPTEC estica essa possibilidade até a terça-feira, dia 20.

A Defesa Civil de São Vicente também emitiu um alerta sobre a preocupação com o volume de chuva que poderá cair em curtos espaços de tempo, o que provocará alagamentos e outros transtornos.

Moradores de áreas situadas nos morros devem ficar atentos para os riscos de escorregamento. Ao primeiro sinal de água barrenta nas encostas, estalos, trincas, degraus de abatimento, muros embarrigados ou inclinados, a recomendação é sair do imóvel e buscar abrigo em local seguro.

 Qualquer emergência, entrar em contato no número 153.