Controladoria de Guarujá é citada como referência nacional de boas práticas, em Brasília

A cidade está em destaque na pesquisa nacional sobre boa utilização dos recursos públicos; a divulgação ocorreu no I Seminário de Boas Práticas em Contratações Públicas, realizado pela Câmara Federal dos Deputados, em Brasília no final de 2014

Comentar
Compartilhar
07 MAI 201515h47

A Controladoria de Guarujá é referência nacional de boas práticas na gestão pública. A indicação aparece na pesquisa feita pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), sobre as boas práticas em contratações públicas e foi apresentada durante o I Seminário de Boas Práticas em Contratações Públicas, realizado pela Câmara dos Deputados Federais, em Brasília no final do ano passado.

Durante o seminário, foi apresentado o resultado consolidado da pesquisa, onde a Prefeitura de Guarujá está entre as 100 melhores práticas, nas categorias Mitigação de Fraudes e Eficiência no Processo de Contratação, com a criação do Manual de Compras Públicas, idealizado pela Controladoria. A ferramenta de gestão foi criada para orientar, garantir a eficiência e a lisura das compras públicas.

De acordo com o controlador adjunto do Município, Zaqueu Elias da Silva Ferreira, a pesquisa elencou apenas as 12 melhores experiências de sucesso na administração pública nacional. Entre elas, Guarujá foi relacionada.

“Nosso Município já aparecia entre as melhores práticas quando idealizou e criou o Manual de Compras. Agora fomos relacionados pela criação da figura do gestor descentralizado por secretarias, delimitando competências, autonomia e continuidade gerencial”, explicou o secretário.

A experiência de sucesso e referência da Controladoria de Guarujá é reafirmada a cada visita de servidores de outras prefeituras. Já estiveram na Cidade representantes de Ribeirão Pires, Bertioga, Tietê, Atibaia e Suzano.

“Estamos ecoando nossas ações em diversos lugares e constantemente temos solicitações de técnicos de outras cidades que desejam adquirir conhecimento para instalar o órgão em suas regiões”, reitera Zaqueu Elias da Silva Ferreira.

A apresentação do Seminário, com todo o material relacionado realizado na Câmara dos Deputados, com todo o material relacionado à matéria, encontra-se no site da Controladoria Geral do município: http://controle-interno.webnode.com ou www.guaruja.sp.gov.br no link serviços online – controle interno.

Criada em fevereiro de 2011, a Controladoria Geral do Município possui as seguintes prerrogativas constitucionais: fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial do Poder Executivo Municipal, quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das subvenções e renúncia de receitas, será exercida pela Câmara dos Vereadores, mediante controle externo, e pelo sistema de controle interno de cada poder, conforme art. 31 da Constituição Federal.