Contra Covid-19, Guarujá reforça trabalho de desinfecção nas escolas municipais

Medida visa garantir a segurança de estudantes, professores e demais profissionais da educação; aulas presenciais serão retomadas em esquema de revezamento na segunda-feira

Comentar
Compartilhar
20 FEV 2021Por Da Reportagem11h00
A ação visa preparar as escolas para a retomada das aulas presenciaisFoto: Divulgação

Para fortalecer as ações de combate ao coronavírus em Guarujá, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação (Seduc) vem intensificando os serviços de sanitização, nebulização e também de desinfecção de todas as unidades da rede municipal de ensino. A ação visa preparar as escolas para a retomada das aulas presenciais, que acontece nesta segunda-feira (22) e será iniciada em esquema de revezamento de alunos.

O trabalho de descontaminação segue cronograma e integra os protocolos de biossegurança adotados pela Seduc no enfrentamento à Covid-19. São utilizados produtos como: peracetictfood, composto de peróxido de hidrogênio e ácido acético; detergente desengraxante bactericida e peroxy 4D (peróxido de hidrogênio e quaternário de amônia de quinta geração), que é um desinfetante e desodorizante de alto desempenho.

As escolas contam com outras medidas de prevenção como totens de álcool gel, máscaras de proteção, aventais, entre outros equipamentos de proteção individual (EPIs). Com o intuito preservar a segurança de alunos, professores e demais profissionais, a Secretaria de Educação de Guarujá ressalta que os trabalhos foram reforçados nesta semana.

O secretário de Educação de Guarujá, Marcelo Nicolau, comenta que os trabalhos foram reforçados nesta semana. "De suma importância, este é um serviço contínuo nas escolas que vai permanecer durante a pandemia. Tendo como principal preocupação a saúde de todos, nossa expectativa é de que a volta às aulas em Guarujá ocorra com a devida segurança e que os pais fiquem tranquilos neste novo normal".

A Prefeitura através da Seduc seguem monitorando a pandemia na Cidade e seguindo as regras estabelecidas pelo Plano São Paulo, do Governo do Estado. Pais, responsáveis, alunos e professores também podem consultar a Cartilha de Biossegurança (disponível on-line e impresso nas unidades), documento que reúne uma série de orientações e cuidados importantes de prevenção à doença.

Neste dia 22, retornam os estudantes da educação infantil, fundamental I e II, Educação de Jovens e Adultos (EJA), ensino profissionalizante e dos Centros de Atividades Educacionais e Comunitárias (Caecs). As creches municipais e conveniadas já retomaram suas atividades presenciais em 11 de janeiro.

O aluno que não estiver no ensino presencial, estará no Projeto de Ensino Remoto, seja por meio do acesso on-line ou da retirada, nas escolas, dos roteiros de estudo. Atualmente, Guarujá conta com cerca de 34 mil alunos na rede municipal de ensino.