Consulado mexicano e prefeitura discutem intercâmbios

Uma agenda de eventos e intercâmbios começa a ser construída entre Santos e México, cuja seleção ficará hospedada na cidade durante a Copa do Mundo.

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201412h31

Uma agenda de eventos e de intercâmbios começa a ser construída entre Santos e México, cuja seleção ficará hospedada na cidade durante a Copa do Mundo. O cônsul geral do México em São Paulo, José Gerardo Traslosheros Hernández, se reuniu nesta quarta (29) no paço municipal com o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

“Queremos fazer parcerias com a prefeitura e as instituições da cidade para intercâmbios esportivos, culturais e educacionais. Santos é uma cidade importante historicamente e também é a terra do Pelé, com que tivemos uma experiência maravilhosa na Copa do Mundo do México em 1970”, disse Hernández, destacando que o futuro museu em homenagem ao 'Rei do Futebol' será um “roteiro obrigatório” para visitantes mexicanos e de outras partes do mundo. O cônsul se comprometeu a auxiliar o processo de irmanação entre Santos e algum município mexicano, além de trazer exposições e oficinas artísticas, gastronômicas e musicais do seu país.

“O Brasil e o México têm muitas coisas em comum e enxergamos uma série de parcerias, que representarão em ganhos para Santos não só no período da Copa, mas também antes e depois, principalmente na áreas da economia e educação”, ressalta o prefeito Paulo Alexandre.

Em março, uma comitiva da cidade irá ao México e à Costa Rica – outra seleção que ficará hospedada na cidade - a convite das federações de futebol dos dois países, visando intercâmbios além das áreas esportivas.

Foto: Raimundo Rosa