Comissão do Senado adia votação de plano de educação

As alterações feitas por Alvaro Dias aumentariam o potencial de impacto financeiro esperado pelo governo para cumprir as metas de qualidade e investimentos para a educação pública

Comentar
Compartilhar
26 NOV 201313h25

A Comissão de Educação do Senado adiou na manhã desta terça-feira, 26, a votação do Plano Nacional de Educação. Os senadores acertaram, após uma reunião ocorrida no gabinete do líder do governo na Casa, Eduardo Braga (PMDB-AM), com a participação do relator da matéria, senador Alvaro Dias (PSDB-PR), remarcar a votação para quarta-feira, 27, às 14h30.

O adiamento da decisão decorreu de mudanças feitas por Alvaro Dias na comissão. As alterações do tucano aumentariam o potencial de impacto financeiro esperado pelo governo para cumprir as metas de qualidade e investimentos para a educação pública. "Espero que amanhã nós contamos com a presença de todos os senadores e senadoras para que possamos encerrar a discussão", disse o tucano.

Sem acordo e com a possibilidade de derrota, o relator aquiesceu deixar a conclusão da leitura do seu parecer amanhã, que deve ir à votação.

A Comissão de Educação do Senado adiou na manhã desta terça-feira, 26, a votação do Plano Nacional de Educação (Foto: Divulgação)