Comércio estima aumento das vendas em 9%

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista, proximidade da data com o quinto dia útil deve impulsionar as vendas em todos os setores

Comentar
Compartilhar
19 JAN 201321h21

Se o universo conspira a favor como dizem os místicos, as ofertas de produtos e facilidades de crédito também. O comércio estima ter o melhor Dia dos Pais dos últimos cinco anos, em 2010.

O vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Omar Absul Assaf, estima um crescimento de 9% nas vendas para esta data, em relação às vendas do ano passado.

Segundo Assaf, uma série de fatores favorece o aquecimento das vendas. “Este ano, o Dia dos Pais será no dia 8 de agosto, data próxima em que as pessoas estão recebendo seus pagamentos, diferente do ano passado. Além disso, os filhos estão mais criativos e não estão dando mais as mesmas camisas de presente.

Os filhos estão presenteando com eletroeletrônicos, celulares, livros e até viagens. As facilidade de crédito também favorecem as vendas”, afirmou o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista.

Assaf afirmou que por todos esses fatores “esse Dia dos Pais deverá ser o melhor dos últimos cinco anos para o comércio”. Assaf disse ainda que a comodidade da compra pela internet também estimula o consumidor.

O empresário ressaltou ainda que a data também movimentará supermercados e restaurantes. “Tem famílias que se reúnem em casa, outras vão aos restaurantes. Então os supermercados e os restaurantes também terão movimento”.