Comerciantes de Praia Grande podem estar sendo vítimas de golpe

Falsas notificações são enviadas junto a um boleto de cobrança. Secretaria de Finanças avisa que boleto não deve ser pago

Comentar
Compartilhar
22 FEV 201320h26

Comerciantes de Praia Grande podem estar sendo vítimas de um golpe no valor de R$ 259,00. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Finanças (Sefin), alerta o comércio local a ignorar um boleto que está chegando pelos Correios, emitido por um órgão denominado Assessoria Comercial, Industrial e Empresarial de Praia Grande (ACIEEPG).

O boleto contém cópia do brasão do Município e, alegando a obrigatoriedade de afixação em lugar visível de endereço do Procon, afirma que, em caso de não pagamento, “o empresário ficará INADIMPLENTE e IREGULAR (sic) perante a Receita Federal e poderá perder o Alvará de Funcionamento”.

O secretário de Finanças, Roberto Lopez Franco, tomou conhecimento da tentativa de golpe por meio de três comerciantes que consultaram a Prefeitura, que não tem como avaliar quantos boletos foram emitidos. “A denominação e a sigla da tal assessoria induzem o empresário a erro por se assemelharem ao nome da Associação Comercial da cidade, que não tem qualquer vínculo com isso”.

Franco explica que não há qualquer base legal para a cobrança e orienta possíveis vítimas a procurarem o Procon e a Delegacia de Polícia para tentar ressarcimento do prejuízo.

Fraude tem como alvo comerciantes de PG (Foto: Divulgação)