Comerciante é morto a tiros, em Praia Grande, a dois dias do casamento

Vitor Matheus Menezes Otoni, de 32 anos, estava em um carro com um amigo quando foi surpreendido pelos disparos, no bairro Sítio do Campo

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201520h09

O comerciante Vitor Matheus Menezes Otoni, de 32 anos, foi executado a tiros dentro de um carro na noite de quinta-feira (26), em Praia Grande. A vítima estava com um amigo, dono do veículo, no momento em que o atirador saiu de um outro veículo e fez ao menos 26 disparos.

Otoni estava com casamento marcado para este sábado. Ele iria mostrar o salão de festas para o amigo que estava com ele no carro quando ocorreu o crime, às 18h27, na Rua Mario Ianeli, no bairro Sítio do Campo. O carro ocupado por Otoni e o amigo, um Prisma prata, estava em frente ao salão.

A testemunha ocular relatou para a polícia que o atirador saiu de um Fiat Doblò, que estacionou bruscamente na frente de seu carro. No momento dos disparos, a testemunha abriu a porta de motorista e se jogou no chão. A vítima estava no banco de passageiro dianteiro e não teve chance de defesa.

Uma perita do Instituto de Criminalística (IC) recolheu vinte seis cápsulas deflagradas.

Sob a natureza de homicídio qualificado, o caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande. As investigações do caso estão a cargo do 1º Distrito Policial (Boqueirão).

Informações que ajudem o setor de investigações do distrito a elucidar o crime podem ser transmitidas pelos telefones 3473-4959 ou 181 (Disque-Denúncia). Não é necessário se identificar.