Banner gripe

Combate ao Aedes Aegypti é intensificado no Macuco e Estuário

Até o final da semana, 1.462 imóveis serão percorridos pelos agentes de combate a endemias em busca de possíveis focos do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya

Comentar
Compartilhar
09 MAI 2019Por Da Reportagem04h30
Os bairros do Macuco e Estuário recebem até sexta-feira (8) ações intensas de bloqueio ao mosquito Aedes aegyptiFoto: Divulgação/PMS

Os bairros do Macuco e Estuário recebem até sexta-feira (8) ações intensas de bloqueio ao mosquito Aedes aegypti. As medidas foram adotadas em conjunto pela Prefeitura e o governo estadual após a confirmação de 15 casos de dengue nessas áreas, do total de 42 registros em toda a Cidade desde o início do ano (35% do total).

 
Até o final da semana, 1.462 imóveis serão percorridos pelos agentes de combate a endemias em busca de possíveis focos do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. O quadrilátero é compreendido pelo trecho entre a Rua Almirante Tamandaré, Avenida Mário Covas Júnior, Av. Almirante Cóchrane e Av. Afonso Pena.
 
Nesta quarta (8) e sexta (10), a partir das 9h, é realizada aspiração de alados (mosquitos adultos) dentro das escolas Auxiliadora da Instrução (Praça Rubens Ferreira Martins, 8, Estuário) e Elsa Virtuoso (Rua Antônio Maia, 146, Macuco) e em outros pontos estratégicos do bairro. 
 
Já na quinta (9), a partir do meio-dia, haverá nebulização de inseticida nas áreas internas da escola Auxiliadora da Instrução e na sexta (10), no mesmo horário, na Elsa Virtuoso, além de outros pontos do bairro. Durante os serviços, não haverá atividades e aulas nas escolas.

Colunas

Contraponto