Banner gripe

Cobertura da vacina contra gripe atinge 58% dos grupos prioritários em Cubatão

No total, já foram aplicadas 21.588 doses durante a campanha. As informações são de boletim divulgado nesta quinta-feira, dia 16, pela Secretaria de Saúde

Comentar
Compartilhar
16 MAI 2019Por Da Reportagem17h34
No total, já foram aplicadas 21.588 doses durante a campanha. As informações são de boletim divulgado nesta quinta-feira, dia 16, pela Secretaria de SaúdeFoto: Divulgação/PMC

A campanha de vacina contra a gripe em Cubatão já levou às salas de vacinação 14.463 pessoas, que fazem parte dos grupos prioritários (crianças, gestantes, puérperas, idosos e trabalhadores da Saúde), o equivalente a 58,56% das 24.698 que formam esse público na cidade. No total, já foram aplicadas 21.588 doses durante a campanha. As informações são de boletim divulgado nesta quinta-feira, dia 16, pela Secretaria de Saúde. 

Entre os grupos prioritários, as maiores coberturas estão entre idosos (7.848 doses e 82,70% de cobertura) e puérperas (165 doses, 79,71%). Em seguida, gestantes (648 doses, 51,39%), trabalhadores da saúde (1.735 doses, 43,65%) e crianças (4.067 doses, 41,65%). Mesmo com a menor cobertura, o índice de crianças vacinadas está bem acima da campanha do ano passado. Em boletim de 17 de maio da campanha de 2018, a cobertura deste grupo estava em 28,33%.

A Secretaria vem estudando novas estratégias para atingir esse grupo e reforça o pedido para que os pais e responsáveis levem as crianças às salas de vacina até o final da campanha em 31 de maio. Confira o endereço e contatos das unidades com sala de vacina no link http://www.cubatao.sp.gov.br/secretaria/15-secretaria-de-saude/214-vacinacao-informacoes-gerais/. É importante levar a carteira de vacinação.

A meta da campanha é vacinar 22.400 pessoas (90% da população) entre os grupos prioritários. De acordo com estimativa baseada no censo do IBGE, Cubatão conta com 2.522 crianças de 6 meses a 2 anos, 5.394 crianças de 2 a 4 anos e 1.849 crianças de 4 a 5 anos; 9.490 idosos; 1.261 gestantes e 207 puérperas; 3.975 trabalhadores da Saúde e 807 professores.

Cobertura - Do total de doses, foram imunizados também professores (400 doses, 49,57% do total), pacientes com doenças crônicas (6.100 doses, 41,16%), população indígena (1 dose), policiais (23 doses) e população em geral (601 doses - cuidadores, acompanhantes etc.). 

Colunas

Contraponto