Clientes de cruzeiros são lesados por Estacionamento em Santos

A viagem dos sonhos em alto mar pode virar um pesadelo em terra firme

Comentar
Compartilhar
02 MAR 201113h46

Passageiros que embarcam em cruzeiros marítimos, no Porto de Santos, estão sendo vítimas de um golpe. Enquanto pagam estacionamentos para que seus carros fiquem seguros durante a estadia nos transatlânticos, na verdade estão pagando para os veículos ficarem na rua. Nesta semana, o Estacionamento Santista, localizado na Rua General Câmara, 169, no Centro Histórico, foi denunciado por lesar clientes de cruzeiros marítimos.
 
Na última quarta-feira, 22 automóveis de clientes de cruzeiros marítimos deram entrada no Estacionamento Santista. Neste mesmo dia, a reportagem do DL flagrou três veículos com placas de Araras-SP, Serra Negra-SP e Blumenau-SC estacionados na Rua General Câmara, na Zona Azul, sem cartões de estacionamento, correndo o risco ainda de serem multados. Em seu site na internet, o Estacionamento Santista atrai os clientes com a seguinte mensagem: “enquanto você aproveita seu cruzeiro seja a lazer ou negócios, seu veículo fica protegido em local seguro”.

Segundo uma fonte que pediu sigilo à reportagem, os veículos apenas pernoitam dentro do Estacionamento Santista. “Pela manhã os carros dos turistas são estacionados na rua e ficam aqui até por volta das 19 horas, quando o Estacionamento recolhe os carros”, afirmou a fonte.

Ainda de acordo com a fonte, o estabelecimento retira os automóveis para liberar vagas para os clientes mensalistas, porque faz locações de vagas acima de sua capacidade. Entretanto, na última quarta-feira, havia um aviso na porta do estabelecimento de que o mesmo estava “lotado para avulsos”.