X

Cotidiano

Cinco açougues são multados em quase R$ 8 mil por venda de carne vencida, em Guarujá

Mais de 472 quilos de carne precisaram ser descartados, por desacordo aos protocolos sanitários

Da Reportagem

Publicado em 23/05/2024 às 11:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Os estabelecimentos multados possuem 10 dias, a partir da data da notificação, para recorrer da multa / Divulgação/PMG

A Prefeitura de Guarujá multou cinco açougues por venderem carnes com prazo de validade vencido, dentre outras irregularidades. O valor das multas aplicadas é de quase R$ 8 mil (R$ 7.800,00). Mais de 472 quilos de carne precisaram ser descartados, por desacordo aos protocolos sanitários.

A iniciativa integra a “Operação Carne Segura”, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio da Vigilância Sanitária nos açougues da Cidade. Os comércios multados estão localizados nos bairros Vila Alice, Vila Zilda, Pae Cará e Enseada. As carnes inutilizadas foram retiradas nos locais pela empresa de limpeza urbana, após ser acionada pela Vigilância.

Os estabelecimentos multados possuem 10 dias, a partir da data da notificação, para recorrer da multa. Ao todo, 73 notificações para adequações foram efetuadas nos locais vistoriados, desde o início da Operação Carne Segura. Os fiscais farão retornos programados aos locais, no sentido de verificar se os protocolos sanitários estão sendo cumpridos.

O coordenador da Vigilância Sanitária e Ambiental de Guarujá,  explica que o papel da Vigilância não é punitivo, mas sim de orientação. “Quando um estabelecimento vende um produto estragado, quem perde não é só o consumidor com prejuízos à sua saúde, mas também, o próprio comerciante, que perde a confiança de seus clientes”.

As carnes precisam estar em um ambiente climatizado com temperatura adequada. Outra questão importante é o descarte correto dos retalhos (sobras) de carne. A precificação também deve constar no produto, assim como sua procedência. O uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) pelos funcionários do estabelecimento e higienização do local (e dos funcionários) são demais itens imprescindíveis para a comercialização do produto.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Cerimônia em terreiro de Umbanda termina com acidente em Guarujá; VÍDEO

As vítimas foram encaminhadas com queimaduras de primeiro e segundo grau

Santos

Sem crise! Balsa tem 15 minutos de espera

Informação foi liberada pelo Departamento Hidroviário

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter