Cidoc notifica a operadora Vivo por pane de serviço 3G em Santos

Esta não é a primeira vez que a operadora é alvo de reclamações. Usuários vêm sofrendo com os serviços prestados pela empresa desde 11 de dezembro do ano passado

Comentar
Compartilhar
07 ABR 201420h41

A operadora Vivo foi notificada hoje (7) pela Prefeitura de Santos por conta de novos prejuízos que os moradores da cidade sofreram em relação aos serviços da empresa. Desta vez, o motivo foi uma instabilidade no funcionamento de todo o sistema 3G da empresa, que deixou aproximadamente 100 mil usuários sem o serviço entre 9h30 e 13h30.

De acordo com o Cidoc (Centro de Informação, Defesa e Orientação ao Consumidor), órgão que fez a notificação, a empresa tem 10 dias para se manifestar. Caso contrário, será lavrada uma sanção pecuniária. “Notificamos a Vivo para que preste esclarecimentos sobre o ocorrido. O objetivo é reparar os prejuízos causados aos cidadãos”, afirmou Rafael Quaresma, coordenador do Cidoc, órgão ligado à Secid (Secretadria de Defesa da Cidadania).

Aproximadamente 100 mil usuários ficaram sem o serviço entre 9h30 e 13h30 (Foto: Arquivo/DL)

Esta não é a primeira vez que a operadora é alvo de reclamações. Usuários vêm sofrendo com os serviços prestados pela empresa desde 11 de dezembro do ano passado, quando uma pane geral no sistema de telefonia afetou assinantes de toda a área DDD 13.

Na ocasião, após a notificação, a administração municipal lavrou um auto de infração no valor de R$ 7,1 milhões.    Segundo o Cidoc, as falhas que geraram a pane em dezembro foram em razão de um rompimento no sistema de fibra ótica na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, às 9h40, e na Via Anchieta, 20 minutos depois.