Cidade Anchieta acumula problemas em Itanhaém

Enormes buracos na calçada, valas e falta de iluminação, além do mau cheiro, preocupam população do bairro.

Comentar
Compartilhar
04 NOV 2019Por Nayara Martins07h02
Prefeitura afirma que fará reparos nas calçadas e limpeza das valas, além de roçada do mato.Foto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

Enormes buracos na calçada de acesso, valas e falta de iluminação são os motivos de preocupação para a população que utiliza a avenida José Batista Campos, no bairro Cidade Anchieta, em Itanhaém.

A avenida é a principal via de acesso para os bairros Cidade Anchieta e Jardim Oásis, onde se localizam diversos estabelecimentos comerciais e duas unidades escolares - a EM Eugênia Pitta Rangel Veloso e a Etec de Itanhaém.

Neste trecho da avenida José Batista Campos, que liga os dois bairros, o movimento de veículos, caminhões, ciclistas e pedestres é bastante intenso, durante o dia e à noite.

Nesta mesma avenida também está localizado o aeroporto "Dr. Antonio Ribeiro Nogueira", de Itanhaém.

Para o catador de materiais recicláveis Francisco Batista de Oliveira, morador no Jardim Oásis, a situação é de grande risco tanto para o pedestre como para o ciclista. "Passo aqui todos os dias para trabalhar e, à noite, fica bem pior devido à falta de iluminação no local. Outro dia aconteceu um acidente com um veículo à noite", afirma. Na opinião do morador, a prefeitura deveria providenciar os reparos na calçada e instalar postes de iluminação.

Outra moradora do Jardim Oásis e que passa no local diariamente é a dona de casa Creusa Rodrigues Soares, de bicicleta na ciclovia. "Este trecho com os buracos está péssimo. É um perigo, já que as pessoas têm que sair da calçada e invadir a ciclovia, o que pode provar acidentes". E completa "os bairros pobres são os que mais sofrem, os políticos não estão preocupados com os nossos problemas".

Também para a dona de casa Maria Zilma da Silva, moradora no Cidade Anchieta, há falta de segurança. "É muito perigoso neste local, pois temos que desviar e andar pela ciclovia devido aos buracos, correndo o risco de ser atropelada", desabafa a moradora.

MAU CHEIRO

Ao caminhar pela avenida José Batista Campos, ao lado da calçada e da ciclovia, os moradores se deparam ainda com valas que provocam um forte mau cheiro, além de estarem cobertas pelo mato alto.

As valas estão localizadas num trecho da avenida, logo após uma rua de acesso para a Estação de Tratamento de Água (ETA), da Sabesp.

OUTRO LADO

A prefeitura de Itanhaém informou, por meio de nota, que estão na programação da Secretaria de Serviços e Urbanização os reparos na calçada, a limpeza de valas e a roçada do mato. Em relação à ampliação da ciclovia na via citada, informou que a obra está em fase final de licitação. Porém, a Administração Pública não informou se há previsão de instalar mais postes de iluminação na avenida.