GOVERNO SAUDE

Chuvas ultrapassam a média histórica para o mês de fevereiro em Guarujá

A Cidade ultrapassou a média prevista para o mês que era de 262,3 mm e, neste momento, o Município encontra-se em estado de Atenção

Comentar
Compartilhar
11 FEV 2020Por Da Reportagem19h00
A Defesa Civil mantém uma equipe em alerta 24 horas por diaFoto: Divulgação/PMG

De acordo com a Defesa Civil de Guarujá, nos primeiros 11 dias de fevereiro foram registrados 266 mm de chuva. A Cidade ultrapassou a média prevista para o mês que era de 262,3 mm e, neste momento, o Município encontra-se em estado de Atenção.

Durante o período de chuva, a Defesa Civil atendeu sete ocorrências: um escorregamento no Morro da Bela Vista, na Vila Edna; e outro de pequeno porte na Rua Colômbia, na Vila Baiana. Em ambas as ocorrências, não houve registro de vítimas.

Ocorreu também um deslizamento de terra na Estrada Guarujá- Bertioga, km 5 e foram registradas, ainda, quedas de árvores e deslizamentos nos Morros do Outeiro e no acesso ao Morro do Sorocotuba, sem vítimas.

A Defesa Civil mantém uma equipe em alerta 24 horas por dia. Dentro do Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC), os técnicos vistoriam tantos os canais nos diversos bairros, verificando capacidade de escoamento de águas, limpeza e sedimentação, quanto os 15 morros, de forma detalhada, com vista a sinais de falência de solo (possível deslizamento), acúmulo de lixo, canaletas de escoamento de águas pluviais, entre outros.

Neste período de chuvas intensas, vale sempre seguir as recomendações de se evitar entrar em enxurradas e enchentes. Nunca atravessar áreas alagadas, mesmo que se conheça a região. Caso esteja no trânsito e for pego por uma chuva forte, não sair do carro.

Se morar em área de morros ou encostas, observe sinais como árvores ou postes com inclinações fora do normal, muros e paredes com trincas, água entrando em casa, enxurrada com muito barro. Ao confirmar estes sinais, saia imediatamente de casa e acione a Defesa Civil pelo telefone 199.