X
Cotidiano

Chuvas deixam morros em estado de atenção

As condições climáticas devem permanecer com fortes chuvas, maré alta e sobre elevação com provável ressaca

A entrada da Cidade de Santos novamente sofre com a chuva / Rodrigo Montaldi/DL

A Defesa Civil decretou estado de atenção nos morros da Cidade. As áreas de risco foram atingidas por um volume acumulado nas últimas 72 horas de 164,6mm. Quando a marca é superior a 80mm nesse período e a previsão é de continuidade de chuva, o estado de atenção é decretado. 

As condições climáticas devem permanecer com fortes chuvas, maré alta e sobre elevação com provável ressaca, portanto os pontos suscetíveis a alagamentos devem continuar com problemas de acessibilidade.

Desde a noite de sábado (14), início da chuva, a Defesa Civil atendeu três ocorrências sem vítimas. Houve queda de uma árvore na Avenida Antônio Manoel de Carvalho, na encosta do Morro Marapé. Também um deslizamento de solo causando a queda de um muro e parte de uma moradia desocupada que atingiu a área livre da casa vizinha, no Morro São Bento.

No Morro São Bento também ocorreu a queda de um bloco rochoso e o entorno foi isolado. Após o desmonte e retirada dos resíduos, o trânsito será totalmente liberado na Rua São Bernardo. No momento o tráfego flui em apenas uma faixa de rolagem. 
Nesta madrugada ocorreu queda de  árvore na rua Silva Jardim

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) continua monitorando e orientando os motoristas na Avenida Nossa Senhora de Fátima. O local está alagado mas transitável, nos dois sentidos. A Avenida Martins Fontes está com tráfego normal de veículos. 

Ponta da Praia

O mar está agitado, porém não há nenhum tipo de interdição no local. A água do mar não avançou para as pistas dos veículos. Neste domingo a Prefeitura  acompanhou a ressaca na Ponta da Praia para observar, inicialmente, a energia das ondas com a barreira instalada.  Nesta semana, técnicos da Unicamp estarão em Santos para a primeira avaliação e início do monitoramento.

Apesar de ainda estar sob avaliação, a Prefeitura alerta que a barreira com bags impediu até o momento a ação da ressaca sobre a avenida, ao contrário de imagens "fake" que circulam nas redes sociais. Estas imagens referem à ação da maré no ano passado.

Maré

No sábado a maré atingiu o pico às 14h40 com 1,83 metros e as ondas atingiram a altura de 1,23 metros. E foram registradas rajadas de ventos de 33.5 nós, que correspondem a 62 quilômetros por hora às 23h30. Hoje (15) a maré teve o pico às 2h30 atingindo 1,75m. As ondas chegaram a 2,02m de às 3h20. A maré pode chegar a 2,5 metros  nas próximas horas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Encosta de morro santista recebe cortina de concreto para contenção

O Morro do Fontana, em Santos, está passando por obras de contenção, para sanar os problemas provocados pelo deslizamento de terra durante as fortes chuvas do ano passado

Polícia

Receita Federal faz cinco apreensões de cocaína em menos de 48 horas no Porto de Santos

As apreensões totalizaram 681 kg e ocorreram nos dias 25 e 26 de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software