X

COTIDIANO

Chuvas deixam desabrigados e interditam rodovias pelo Brasil

Em São Paulo, a rodovia Rio-Santos (BR-101) está totalmente bloqueada

MAUREN LUC - FOLHAPRESS

Publicado em 21/12/2022 às 20:26

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Bloqueio total em trecho da Rio-Santos, em Ubatuba, por risco de deslizamento de terra / CCR RioSP/Divulgação

As fortes chuvas que atingem o Sul e o Sudeste nos últimos dias provocam a interdição de diversas rodovias pelo país. Em Santa Catarina, onde os temporais ocorrem desde segunda (19), dez municípios decretaram situação de emergência; em Minas Gerais já são 96.

Segundo informou a Defesa Civil Nacional nesta quarta-feira (21), é alto o risco de deslizamentos em regiões de Minas e Espírito Santo. Também é alta a possibilidade de enxurradas, inundações e alagamentos nos dois estados, bem como no Rio de Janeiro.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Em São Paulo, a rodovia Rio-Santos (BR-101) está totalmente bloqueada no trecho entre o km 35, próximo à praia de Itamambuca, em Ubatuba, até o km 591, na região de Patrimônio, em Paraty (RJ), nos dois sentidos.

De acordo com a concessionária CCR RioSP, que administra o trecho, a interdição ocorre devido ao risco de deslizamentos de terra no local, atingido por fortes chuvas desde o início da semana. A empresa diz ainda que a medida é temporária e que uma nova avaliação deve ser feita nesta quinta (22), para análise de possibilidade de liberação da via.

No Paraná, as duas principais rodovias que ligam o estado a Santa Catarina estão parcialmente interditadas por causa de deslizamentos de terra. Uma delas, a BR-376, chegou a ficar totalmente bloqueada na terça (21) e pode voltar a ter o tráfego interrompido a qualquer momento. A estrada segue com bloqueio parcial.

Na BR-277, outra via alternativa para Santa Catarina, o tráfego segue em meia pista, também devido a desmoronamentos na via.

Em Santa Catarina, a BR-101 também funciona com bloqueio parcial no trecho de Palhoça, no Morro dos Cavalos, devido às chuvas. O congestionamento no sentido sul chegou a 10 km no início da tarde desta quarta.

No Espírito Santo, a BR-101 está totalmente interditada no km 71, no município de São Mateus, devido a uma cratera que se abriu na pista. Também há bloqueio parcial no km 249, motivado por erosão.

Outros trechos da BR-101 no estado estão com desvios de trânsito no sistema pare e siga por causa de queda de barreiras ou excesso de água na via.

A Defesa Civil emitiu na manhã desta quarta um alerta de chuvas intensas para todo o estado, em especial nas regiões do Caparaó e Serrana, com riscos de deslizamentos em Nova Venécia e também São Mateus.

Também há interdições nas estradas estaduais do Espírito Santo. A ES-010 tem bloqueio total nos km 186 e 188, entre Palmital e Barra Nova, além do km 91 da ES-315, em São Mateus, onde o rio transbordou. Ainda foram totalmente bloqueadas pelas chuvas a ES-230, em Vila Valério, e a ES-405, em Ecoporanga.

Nas estradas federais que cortam Minas Gerais, até a tarde desta quarta havia interdição parcial na BR-262, km 387, em Florestas, por afundamento de pista. O mesmo acontecia no km 342 da BR-381, em Bela Vista de Minas.

Na BR-116, a erosão provocou a interdição parcial no km 164 da rodovia, em Padre Paraíso, e uma queda de barreira paralisou parcialmente o tráfego de veículos no km 275 da BR-114, em Teólifo Otoni.

O DER-MG também registrou interdição total por quedas de barreira, deslizamentos ou alagamentos das seguintes vias: MGC-383 (km 4 e 5), MGC-259 (km 393, 212 e 201), MG-010 (km 136), LMG-744 (km 1), LNG-750 (km 7), LMG-746 (km 22) e LMG-503 (km 3).

A previsão para esta quarta é de tempo instável e chuva forte nas regiões de Belo Horizonte, Rio Doce, Vale do Aço, Centro e Noroeste mineiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Homem que fazia 'delivery' de maconha é preso em flagrante em Mongaguá

'Disque Droga' funcionava no bairro Itaguaí e funcionava com divulgação nas redes sociais

Diário Mais

Siga 8 passos para tratar a piscina para evitar casos de dengue

Prática saudável da natação pode ser comprometida se medidas adequadas não forem adotadas para prevenir a proliferação do aedes aegypti

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter