Chuva desta quinta-feira alaga o térreo da Santa Casa de Santos

Corredores inteiros foram tomados pela água. Temporal também causou queda de árvores e deslizamento sem vítimas na Cidade

Comentar
Compartilhar
19 MAR 201519h06

A forte chuva que caiu na tarde desta quinta-feira deixou alagado o térreo da Santa de Casa de Santos. Familiares de pacientes internados no hospital registraram as imagens. Corredores inteiros foram tomados pela água.

“É um absurdo. A entrada da ala do SUS e das visitas estão todas cheias”, disse uma visitante que não quis se identificar. Segundo ela, uma funcionária do local teria informado que a situação é comum em dias de fortes chuvas.

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa de Santos, quando há esse tipo de ocorrência, a diretoria toma providências imediatamente e que não há comprometimento no atendimento aos pacientes que, se necessário, são removidos para outras alas.

A chuva desta quinta-feira alagou o piso térreo da Santa Casa de Santos (Foto: Leitor/DL)

Cidades

A chuva também causou transtornos em diversas cidades da Região. A entrada de Santos está alagada entre a Avenida Nossa Senhora de Fátima e a Avenida Martins Fontes. Há congestionamento no local. A recomendação é de que apenas veículos grandes (ônibus e caminhões) utilizem aquele trecho.

A Defesa Civil de Santos informou que houve dois escorregamentos de solo no morro do José Menino (deslizamento), um na Rua F, nos números 41 a 52 e um na Rua 8, casa 5, sem vítimas. Equipes do órgão estão no local.

Ainda em Santos houve queda de árvore no Marapé, próximo à Nilo Peçanha, sem vítimas. Parte da árvore, que ficou próxima a uma residência (na área de encosta), foi retirada. O restante será removido após a melhora de tempo. O índice pluviométrico registrado na Cidade, nas últimas 72 horas, teve o acumulado de 81,7mm.

Em São Vicente também foram registrados diversos pontos de alagamentos. Na Rodovia dos Imigrantes, no trecho entre a Avenida Manoel de Abreu e o viaduto da Cidade Náutica, a cheia causa lentidão no trânsito em ambos os sentidos.

Corredores inteiros foram tomados pela água (Foto: Leitor/DL)