CET faz ação junto à lombofaixa da Azevedo Sodré, em Santos

Agentes de trânsito e especialista em educação orientam motoristas e pedestres sobre o novo dispositivo

Comentar
Compartilhar
19 FEV 2018Por Da Reportagem17h02
A lombofaixa está cumprindo seu principal objetivo: redução da velocidade dos veículosFoto: Divulgação/PMS

A CET-Santos segue nesta semana com ação educativa junto à faixa elevada (lombofaixa) localizada na Rua Azevedo Sodré, no trecho entre as ruas Firmino Barbosa e Carolino Rodrigues. Agentes de trânsito e especialista em educação orientam motoristas e pedestres sobre o novo dispositivo.

Instalada pela companhia no início do mês, a lombofaixa está cumprindo seu principal objetivo: redução da velocidade dos veículos, tornando a área, que reúne vários estabelecimentos comerciais, mais segura para pedestres e motoristas.

Trabalhando há 17 anos em uma loja situada quase em frente à lombofaixa, Neide Mendes é taxativa. "Faltava mesmo uma faixa nesse trecho. Os carros agora passam mais devagar, ficou realmente mais seguro".

A emprega doméstica Maria do Socorro, que passa pelo local diariamente, faz avaliação semelhante. "Os carros param e a gente consegue atravessar com tranquilidade".

O que é?

A lombofaixa fica no mesmo nível da calçada e corresponde a uma combinação de lombada física com faixa de pedestre. Tem pintura diferenciada, com setas amarelas na extremidade indicando a elevação.

Placa de advertência, instalada 70 metros antes, já alerta os motoristas para a existência do equipamento. A sinalização no trecho inclui outra placa próximo ao dispositivo e a pintura da legenda 'Devagar' no solo.