Cessar-fogo de 5 dias começa a vigorar no Iêmen, após ataques aéreos

O cessar-fogo começa horas após caças da coalizão liderada pela Arábia Saudita atacarem rebeldes xiitas e seus aliados no país

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201518h24

Uma trégua humanitária de cinco dias começou a vigorar na noite desta terça-feira no Iêmen. O cessar-fogo começa horas após caças da coalizão liderada pela Arábia Saudita atacarem rebeldes xiitas e seus aliados no país.

Agora, navios cargueiros se preparam para começar uma operação de ajuda urgente no Iêmen. Até o momento não se sabe, porém, se as partes envolvidas no conflito estavam cumprindo a trégua, que começou às 23h (hora local). A trégua será um termômetro para se avaliar o desejo dos adversários de participar nas conversas de paz. As duas partes já disseram estar prontas para responder com violência, caso o rival viole o acordo.

O Irã, por sua vez, informou que está enviando navios de guerra para proteger uma embarcação iraniana que leva ajuda humanitária e que segue para um porto iemenita controlado por combatentes rebeldes, segundo a imprensa estatal do país. O Pentágono afirmou que essa escolta não era necessária e aventou a possibilidade de um confronto perto do estratégico estreito de Bab el-Mandeb, no Golfo de Áden.