Cerca de 48 mil alunos retornam às aulas na segunda-feira (9) em Praia Grande

Ano letivo inicia com 3.273 vagas geradas com unidades novas e ampliadas

Comentar
Compartilhar
08 FEV 201514h18

Na próxima segunda-feira (9), cerca de 48 mil alunos retornam às salas de aulas nas 69 escolas municipais de Praia Grande. A novidade fica por conta das quatro novas unidades de ensino entregues pela Prefeitura em menos de um mês. Somadas a ampliação da EM Natala de Lucca, o ano letivo de 2015 inicia com 3.273 vagas geradas para Educação Infantil, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Ensino Fundamental.

A primeira unidade de ensino entregue foi a EM Ruth Vilaça Correia Leite Cardoso, em 12 de janeiro. Em fevereiro, a Administração Municipal fez a entrega de outras quatro escolas, todas em uma semana. A ampliação da EM Natale de Lucca abriu a série de inaugurações, na terça-feira (3), seguida das EMs Albert Einstein, na quarta-feira (4), Florivaldo Borges de Queiróz, quinta-feira (5) e Mahatma Gandhi, sexta-feira (6).

Oriundos de São Paulo (Capital), o casal Mar mudou para Praia Grande a quatro meses. Os dois acompanharam a inauguração da EM Florivaldo Borges de Queiróz, unidade que o filho começa a frequentar a partir de segunda-feira (9). “Ela já ficava na creche em São Paulo. O que podemos perceber que a escola é bem maior, se comparada onde ele estava. Ficamos felizes pelo que vimos.

Moradora do Bairrl Melvi, a funcionária pública Silvana Martins Pereira de Almeida, 48 anos, fez questão de conhecer a unidade onde a neta Gabriela Martins da Silva, 8 anos, estudará este ano. A pequena está matriculada no 3º ano da EM Mahatma Gandhi. “A escola ficou linda. Por ser apenas do 1º ao 5º ano, aqui ela terá contato apenas com crianças com idade próxima a dela e isso é muito bom”.

Cerca de 48 mil alunos retornam às salas de aulas nas 69 escolas municipais de Praia Grande (Foto: Felipe França/PMPG)

Investimento

Nos últimos anos, nenhuma outra cidade da Região Metropolitana da Baixada Santista investiu tanto em educação. Além das cinco unidades citadas acima, a Administração Municipal entregou, em 2014, a ampliação de outras quatro escolas. As EMs são: Juliana Arias Rodrigues de Oliveira (Bairro Tupiry), Newton de Almeida Castro (Vila Sônia), Maria dos Remédios Carmona Milan (Melvi) e Dorivaldo Francisco Loria (Sítio do Campo – primeira fase).

Os investimentos não ficaram apenas na construção e ampliação de prédios educacionais. A Secretaria de Educação (Seduc) adquiriu novos equipamentos para auxiliar os professores da rede municipal a dinamizarem e atraírem a atenção dos alunos. Também em 2014, a Seduc implantou DVDtecas, instalou Lousas Digitais em todas as escolas de Ensino Fundamental e distribuiu 3.740 tablets para professores e unidades que atendem alunos do 1º ao 9º ano.

Para a secretária de Educação Cláudia Meirelles, a Administração Municipal não tem medido esforços para oferecer um ensino de qualidade e atender a todos os munícipes. “Esperamos que os nossos alunos aproveitem as novidades e pedimos aos pais que acompanhem a vida escolar de seus filhos. Entendemos que a educação só acontece com a participação de todos: escola e família”, afirmou. 

Colunas

Contraponto