Casos de dengue dobram e Votorantim-SP decreta emergência

O prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) anunciou a contratação emergencial de agentes de controle de endemias para reforçar o combate ao mosquito

Comentar
Compartilhar
12 FEV 201520h20

Um rápido crescimento no número de casos de dengue levou a Prefeitura de Votorantim, na região de Sorocaba (SP), a decretar estado de emergência nesta quinta-feira. O prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) anunciou a contratação emergencial de agentes de controle de endemias para reforçar o combate ao mosquito transmissor. Em menos de uma semana, o número de casos confirmados saltou de 52 para 107 - a cidade é conurbada com Sorocaba, que enfrenta uma epidemia da doença. Os postos de saúde contabilizam até 20 novos casos suspeitos por dia. As folgas do Carnaval nos setores de saúde e de zoonoses foram suspensas.

A prefeitura de Cândido Mota, no sudoeste paulista, também decretou estado de emergência, após confirmar 282 casos - a cidade tem 31 mil habitantes. Na mesma região, há epidemia da doença em Marília, Paraguaçu Paulista e Ubirajara. Em Jundiaí, embora não haja situação de emergência, 80 militares do Exército estão apoiando equipes da prefeitura no combate ao mosquito transmissor. O reforço vai possibilitar a vistoria de dez mil imóveis em 31 bairros. Já a prefeitura de Pindamonhangaba informou que a situação da dengue na cidade está sob controle e que o estado de calamidade pública, decretado no ano passado, já foi suspenso.

Os casos de dengue dobraram em Votorantim-SP (Foto: Divulgação)

Colunas

Contraponto