Casal de idosos terá o primeiro Dia dos Namorados no Lar Vicentino

Marilene Queiroz Prado e João Neves Prado completarão 64 anos de casados no dia 9 de novembro

Comentar
Compartilhar
07 JUN 2021Por Da Reportagem11h00
Eternos namorados, a paixão e a cumplicidade entre os dois resiste ao tempoEternos namorados, a paixão e a cumplicidade entre os dois resiste ao tempoFoto: Bárbara Farias/Divulgação

O casal Marilene Queiroz Prado e João Neves Prado é a mais fiel tradução da infinitude do amor. Em 9 de novembro, completarão 64 anos de casados. Eternos namorados, a paixão e a cumplicidade entre os dois resiste ao tempo. Neste ano, eles vão comemorar o seu primeiro Dia dos Namorados no Lar Vicentino Assistência à Velhice, onde residem desde novembro do ano passado.

A história de Marilene e João renderia um romântico roteiro de filme para o cinema, pois atravessaram uma vida inteira juntos. Marilene tem 84 anos de idade e João, 86. Eles se conheceram ainda adolescentes. Marilene tinha 12 anos quando se mudou com a família para a casa vizinha à residência da família Prado. João tinha 14 anos na época. Ambos fazem aniversário em outubro. Marilene no dia 5 e João, no dia 9.

Segundo Marilene e João, foi amor à primeira vista. “Ele era muito bonito, alto, loiro e tinha os olhos claros. Eu me apaixonei!”, conta Marilene com o mesmo encantamento de sua juventude. “Quando eu vi aquela menina bonita na varanda, pensei: ela vai ser minha”, diz João com o sentimento próprio de quem tinha os hormônios à flor da pele nos seus 14 anos de idade. “Ah, achei você bonita e gostosa, né, meu benzinho?”, pergunta João carinhosamente à amada enquanto segura a sua mão e sorri. Marilene, visivelmente encabulada, confirma.

João e Marilene tem dois filhos e três netos. Quando perguntados sobre qual é o segredo de uma união que já dura seis décadas, respondem que é o amor que um sente pelo outro. “Eu me casei por amor e é por isso que estamos juntos até hoje”, afirma Marilene. “O amor é a razão. Eu amo ela (sic)”, fala João. “Se não fosse o amor que temos um pelo outro, não teríamos enfrentado tudo e nem chegado juntos até aqui, né, meu amor?”, complementa Marilene olhando para João. 

 

João e Marilene casaram-se em 9 de novembro de 1957. Ele tinha 23 anos e ela, 21. Marilene conta que nunca namorou outro rapaz, já João teve outras namoradas entre as idas e vindas do casal, antes do casamento.

“O João era namorador”, entrega Marilene. João complementa: “Eu era bonitão, né, benzinho? Mas, eu só queria ela (sic). Ela é o amor da minha vida!”, declara João.

João foi goleiro do Amazonas Futebol Clube, um time de várzea fundado na cidade de Santos no dia 11 de maio de 1948, depois foi proprietário de um bar. Já Marilene foi professora.

O casal reside atualmente no Lar Vicentino Assistência à Velhice, em São Vicente. João e Marilene ocupam a mesma suíte e participam de todas as atividades da instituição.