Cartão Seletivo já tem 1.152 adesões

Um mês após o início de funcionamento, 1.152 pessoas já aderiram ao do Cartão Seletivo, que atende as seis linhas especiais de transporte público.

Comentar
Compartilhar
31 JAN 201410h37

Um mês após o início de funcionamento do Cartão Seletivo, 1.152 pessoas já aderiram ao novo sistema, que atende as seis linhas especiais de transporte público. Implantada em 26 de dezembro, a bilhetagem eletrônica nos seletivos torna o embarque mais ágil, reduzindo o tempo de viagem, já que o passageiro não precisa utilizar dinheiro e aguardar o troco.

O cartão pode ser adquirido com os motoristas. A passagem custa R$ 3,50, e o ‘kit’ com 10 é vendido por R$ 40,00, incluindo manual que informa como se cadastrar no portal www.seletivosantos.com.br. O saldo de R$5,00 se converte em créditos eletrônicos logo após o cadastramento. A recarga pode ser feita no mesmo site, por meio de boleto bancário. Quem embarca sem o cartão pode pagar em dinheiro.

O cadastro para obtenção do Cartão Seletivo Master, que beneficia com desconto de 50% pessoas com 65 anos ou mais, é feito pela Viação Guaiúba em posto montado na CET (avenida Rangel Pestana, 126). Basta apresentar documento de identidade e comprovante de residência em Santos, e posar para foto. O cartão é confeccionado imediatamente, sem custo.

Implantada em 26 de dezembro, a bilhetagem eletrônica nos seletivos torna o embarque mais ágil, reduzindo o tempo de viagem, já que o passageiro não precisa utilizar dinheiro e aguardar o troco

“É bem melhor pagar com cartão, não precisamos andar com dinheiro e também evita o problema de troco”, afirmava Amilton Alves de Sousa, que foi ao posto montado na CET para se cadastrar no ‘Master’. Para Maria Luiza Fonseca, o seletivo é uma ótima opção. “Vim me cadastrar para obter o cartão pré-pago, é mais prático e ainda tenho o desconto de 50%”.

Conforto
Os seletivos contam com ar-condicionado, som ambiente e poltronas reclináveis, e todos os passageiros viajam sentados. Além disso, realizam paradas para embarque e desembarque em qualquer local.

Foto: Rogério Bomfim