Carro fumacê combate Aedes na Zona Noroeste de Santos

A medida será adotada em virtude do aumento dos casos de chikungunya e dengue nesta região da Cidade. Vale lembrar que o mosquito também é transmissor da zika e da febre amarela urbana

Comentar
Compartilhar
08 MAR 2021Por Da Reportagem20h04
O veículo passará de terça (9) a quinta-feira (11), das 18h às 21hO veículo passará de terça (9) a quinta-feira (11), das 18h às 21hFoto: Divulgação/PMS

O Rádio Clube e parte do bairro Castelo terão uma ação excepcional de controle do mosquito Aedes aegypti nesta semana, com a utilização de carro fumacê, que pulverizará com inseticida as ruas dos dois bairros. O veículo passará de terça (9) a quinta-feira (11), das 18h às 21h.

A medida, a cargo da Seção de Controle de Vetores da Secretaria de Saúde com apoio da Superintendência de Controle de Endemias do Estado (Sucen), será adotada em virtude do aumento dos casos de chikungunya e dengue nesta região da Cidade. Vale lembrar que o mosquito também é transmissor da zika e da febre amarela urbana.

"A estratégia ideal é sempre a eliminação dos criadouros e já fizemos uma varredura com os nossos agentes na última semana. A utilização do fumacê é uma medida excepcional, que visa combater os mosquitos já adultos e está sendo utilizada levando em consideração características urbanísticas dessa região na proliferação do mosquito", diz Ana Paula Valeiras, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde.

Medidas prévias

No último final de semana, 30 agentes de combate a endemias percorreram os dois bairros para deixar a população a par da nebulização. A partir desta segunda-feira (8), os moradores dos bairros começaram a receber avisos da Prefeitura pelo WhatsApp, além de material informativo com orientações para o momento da nebulização.

Balanço

Em 2021, Santos registra 51 casos de chikungunya e 40 casos de dengue. Não há registros de zika ou febre amarela urbana neste ano.

Cuidados

Permaneça dentro de casa

Abra as portas, janelas e box do banheiro

Levante a colcha da cama

Cubra os alimentos, frutas e bebedouros de animais

Retire roupas do varal mesmo que molhadas

Não permaneça na rua durante a passagem do carro de inseticida

Não deixe crianças ou animais seguirem a viatura

Em caso de intoxicação,  procure o serviço médico mais próximo