X
Cotidiano

Capitania dos Portos: 13 embarcações farão a segurança náutica no Verão

Objetivo é intensificar as ações de fiscalização do Tráfego Aquaviário e conscientizar praticantes de esportes náuticos

Apenas no ano passado, 2.724 embarcações foram abordadas, sendo 129 autuadas e 32 apreendidas pelas equipes da Capitania / Nair Bueno/DL

A Operação Verão da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) começa amanhã com 13 embarcações de fiscalização – mais que o dobro do número do ano passado, quando apenas 6 barcos foram utilizados em todo trecho entre o Sul de Minas Gerais e o Norte do Paraná. Além disso, a Marinha prepara uma ação especial para verificar a segurança e a lotação das embarcações que estarão no mar durante a queima de fogos.

As medidas foram anunciadas ontem na sede da Capitania dos Portos de Santos. Apenas na operação do ano passado, 2.724 embarcações foram abordadas, sendo 129 autuadas e 32 apreendidas por estarem em desacordo com as normas de segurança.

A Operação Verão 2018/2019 seguirá até o dia 10 de março, envolvendo  300 pessoas, dentre militares do Comando do 8º Distrito Naval, da CPSP, da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião e destacados de outras Organizações Militares para atuar em 422 municípios, verificando o cumprimento de regras de segurança da navegação.

Segundo o Capitão de Mar e Guerra, Daniel Américo Rosa Menezes, o aumento no número de embarcações para fiscalização deste ano foi possível, dentre outros fatores, por conta da parceria com o Ministério Público e a Justiça Federal. “Conseguimos aportar os valores das multas recebidas neste semestre para aumentar nossa capacidade de ação. Por conta disso várias embarcações foram prontificadas e aptas para reforçar as ações de fiscalização”, destaca.

De acordo com ele, as ocorrências mais verificadas no Verão são relacionadas ao uso indiscriminado de motos aquáticas – com a condução de pessoas não habilitadas -, a navegação próxima a turistas; a ingestão de bebidas alcoólicas e a não observância das condições climáticas ao sair para o mar.

“Dias bonitos muitas vezes terminam em chuva e são muitos os casos de condutores que não conseguem retornar. Por esse motivo pedimos que as condições meteorológicas sejam observadas”, aponta.

Durante o Verão, o trabalho se concentra com mais intensidade nas embarcações de esporte e recreio de turismo náutico, próximas à Marinas, Iates Clubes e em áreas de grande circulação de banhistas. Qualquer pessoa pode denunciar situações que representam riscos pelo número (13) 3221-3456.

Fiscalização

As ações de fiscalização têm como objetivo checar a habilitação dos condutores, documentação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, lotação e estado da embarcação.

Além do trabalho desempenhado na água, o 8º Distrito Naval possui em vigor convênios com as Prefeituras de Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente para fiscalização nas faixas arenosas.

Estradas também atuam com operação especial

Desde a última quarta-feira (19) até o próximo dia 10 de fevereiro, as estradas administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que dão acesso à Região Serrana, Oeste Paulista e Litoral já atuam como uma operação especial de verão.

Durante todos os feriados prolongados e finais de semana que incorporam a temporada, o DER-SP montará esquema operacional estrategicamente organizado para minimizar os impactos do intenso fluxo de veículos nas rodovias estaduais paulistas.

Serão disponibilizados aos usuários 80 viaturas de inspeção (pick-ups e caminhonetes), 143 guinchos (leves e pesados), 20 caminhões pipa, 21 caminhões de apreensão de animais e 124 veículos de apoio. O acionamento destes recursos poderá ser realizado pelo telefone 0800 055 5510, canal de atendimento de emergências do DER-SP.

Os motoristas deverão estar atentos às ações operacionais durante a temporada de verão, como liberação de acostamentos e postos de atendimento aos usuários ao longo das rodovias. Os usuários serão informados quanto às condições do tráfego e desvios, caso sejam necessários por meio de Painéis.

Na região, as rodovias que integram a Operação Especial são: Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP 055)- Praia Grande a Pedro de Toledo Km 293,5; Km 345; e Km 387,3; Rodovia Manoel Hyppolito Rego (SP 055) - Bertioga a São Sebastião Km 5; km 098,8; km 103,2, km 167,7 ; km 211,9; km 221,9; e km 245+500 (Sentido Leste). Além disso, um Painel Móvel de Mensagens Variáveis estará instalado entre o km 211 e o km 214.

A previsão é que os horários de maior movimento nas rodovias durante a Operação Verão 2019 sejam registrados já para o feriado de Natal. É esperado trânsito intenso entre 7h e 24h de sexta (21), das 6h às 24h do sábado (22). No domingo (23), entre 6h e 24h. Já na segunda-feira (24), entre 6h e 22h, e na terça (25), das 6h às 21h.

Para o feriado de Ano Novo, a previsão é que os horários de pico sejam registrados entre 7h e 24h de sexta (28/12), das 6h às 24h de sábado (29/12) e ainda das 6h às 24h do domingo (30/12). Na véspera de Ano Novo, segunda-feira (31/12), entre 6h e 22h o movimento deverá ser intenso. No retorno, a expectativa é de maior movimentação de veículos entre 6h e 21h da terça-feira (1º/1).

Nos finais de semana normais da temporada de verão, os horários previstos com maior movimento nas estradas são: das 7h à 0h (sextas-feiras) e das 6h à 0h (sábados e domingos).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos discute queda de Carille em reunião nesta segunda

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software