X
Cotidiano

Capitania dos Portos: 13 embarcações farão a segurança náutica no Verão

Objetivo é intensificar as ações de fiscalização do Tráfego Aquaviário e conscientizar praticantes de esportes náuticos

Apenas no ano passado, 2.724 embarcações foram abordadas, sendo 129 autuadas e 32 apreendidas pelas equipes da Capitania / Nair Bueno/DL

A Operação Verão da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) começa amanhã com 13 embarcações de fiscalização – mais que o dobro do número do ano passado, quando apenas 6 barcos foram utilizados em todo trecho entre o Sul de Minas Gerais e o Norte do Paraná. Além disso, a Marinha prepara uma ação especial para verificar a segurança e a lotação das embarcações que estarão no mar durante a queima de fogos.

As medidas foram anunciadas ontem na sede da Capitania dos Portos de Santos. Apenas na operação do ano passado, 2.724 embarcações foram abordadas, sendo 129 autuadas e 32 apreendidas por estarem em desacordo com as normas de segurança.

A Operação Verão 2018/2019 seguirá até o dia 10 de março, envolvendo  300 pessoas, dentre militares do Comando do 8º Distrito Naval, da CPSP, da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião e destacados de outras Organizações Militares para atuar em 422 municípios, verificando o cumprimento de regras de segurança da navegação.

Segundo o Capitão de Mar e Guerra, Daniel Américo Rosa Menezes, o aumento no número de embarcações para fiscalização deste ano foi possível, dentre outros fatores, por conta da parceria com o Ministério Público e a Justiça Federal. “Conseguimos aportar os valores das multas recebidas neste semestre para aumentar nossa capacidade de ação. Por conta disso várias embarcações foram prontificadas e aptas para reforçar as ações de fiscalização”, destaca.

De acordo com ele, as ocorrências mais verificadas no Verão são relacionadas ao uso indiscriminado de motos aquáticas – com a condução de pessoas não habilitadas -, a navegação próxima a turistas; a ingestão de bebidas alcoólicas e a não observância das condições climáticas ao sair para o mar.

“Dias bonitos muitas vezes terminam em chuva e são muitos os casos de condutores que não conseguem retornar. Por esse motivo pedimos que as condições meteorológicas sejam observadas”, aponta.

Durante o Verão, o trabalho se concentra com mais intensidade nas embarcações de esporte e recreio de turismo náutico, próximas à Marinas, Iates Clubes e em áreas de grande circulação de banhistas. Qualquer pessoa pode denunciar situações que representam riscos pelo número (13) 3221-3456.

Fiscalização

As ações de fiscalização têm como objetivo checar a habilitação dos condutores, documentação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, lotação e estado da embarcação.

Além do trabalho desempenhado na água, o 8º Distrito Naval possui em vigor convênios com as Prefeituras de Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente para fiscalização nas faixas arenosas.

Estradas também atuam com operação especial

Desde a última quarta-feira (19) até o próximo dia 10 de fevereiro, as estradas administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que dão acesso à Região Serrana, Oeste Paulista e Litoral já atuam como uma operação especial de verão.

Durante todos os feriados prolongados e finais de semana que incorporam a temporada, o DER-SP montará esquema operacional estrategicamente organizado para minimizar os impactos do intenso fluxo de veículos nas rodovias estaduais paulistas.

Serão disponibilizados aos usuários 80 viaturas de inspeção (pick-ups e caminhonetes), 143 guinchos (leves e pesados), 20 caminhões pipa, 21 caminhões de apreensão de animais e 124 veículos de apoio. O acionamento destes recursos poderá ser realizado pelo telefone 0800 055 5510, canal de atendimento de emergências do DER-SP.

Os motoristas deverão estar atentos às ações operacionais durante a temporada de verão, como liberação de acostamentos e postos de atendimento aos usuários ao longo das rodovias. Os usuários serão informados quanto às condições do tráfego e desvios, caso sejam necessários por meio de Painéis.

Na região, as rodovias que integram a Operação Especial são: Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP 055)- Praia Grande a Pedro de Toledo Km 293,5; Km 345; e Km 387,3; Rodovia Manoel Hyppolito Rego (SP 055) - Bertioga a São Sebastião Km 5; km 098,8; km 103,2, km 167,7 ; km 211,9; km 221,9; e km 245+500 (Sentido Leste). Além disso, um Painel Móvel de Mensagens Variáveis estará instalado entre o km 211 e o km 214.

A previsão é que os horários de maior movimento nas rodovias durante a Operação Verão 2019 sejam registrados já para o feriado de Natal. É esperado trânsito intenso entre 7h e 24h de sexta (21), das 6h às 24h do sábado (22). No domingo (23), entre 6h e 24h. Já na segunda-feira (24), entre 6h e 22h, e na terça (25), das 6h às 21h.

Para o feriado de Ano Novo, a previsão é que os horários de pico sejam registrados entre 7h e 24h de sexta (28/12), das 6h às 24h de sábado (29/12) e ainda das 6h às 24h do domingo (30/12). Na véspera de Ano Novo, segunda-feira (31/12), entre 6h e 22h o movimento deverá ser intenso. No retorno, a expectativa é de maior movimentação de veículos entre 6h e 21h da terça-feira (1º/1).

Nos finais de semana normais da temporada de verão, os horários previstos com maior movimento nas estradas são: das 7h à 0h (sextas-feiras) e das 6h à 0h (sábados e domingos).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Câmara Temática de Segurança se reúne para discutir projetos metropolitanos

Encontro reúne autoridades dos nove municípios que compõem a Região Metropolitana da Baixada Santista, com o objetivo implementar ações de interesse regional voltadas à segurança pública

Saúde

Brasil chega a 62,03% da população com vacinação completa contra a covid-19

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a covid-19 no Brasil chegou nesta sexta-feira, 26, a 158.650 689

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software