Capacitação do Programa Cuidar inicia nova turma em Itanhaém

O programa tem o objetivo de instruir o aluno a prevenir, identificar e lidar com transtornos comportamentais de crianças e adolescentes

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201316h27

As aulas da 3ª turma do curso “Violência e Problemas Comportamentais na Infância e Adolescência”, do Programa Cuidar, começaram na última sexta-feira (1), no Centro Municipal Tecnológico de Educação, Cultura e Esportes (CMTECE), em Itanhaém. A iniciativa é promovida pela Secretaria de Saúde, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, Cultura e Esportes e de Assistência e Desenvolvimento Social.

Com o objetivo de instruir o aluno a prevenir, identificar e lidar com transtornos comportamentais de crianças e adolescentes, como por exemplo, aqueles que envolvem violência ou dependência química, o curso formou a 2ª turma no último mês de fevereiro e é considerado um sucesso pela equipe de organização. Prova disso é que as 70 vagas do curso foram preenchidas rapidamente e chamaram atenção de profissionais de cidades vizinhas.

A carga horária total do curso é de 144 horas, distribuídas ao longo do ano. As aulas são ministradas pela diretora do Departamento de Atenção Básica e Especializada, Dra. Iloma Girrulat Bohen, pelo doutor em psiquiatria infantil e de adolescentes, Gustavo M. Shier Doria, entre outros.

Para a Dra. Iloma, o curso pretende, além de tudo, intervir o mais cedo possível nos casos diagnosticados. “É importante garantir o diagnóstico precoce de um transtorno em uma criança ou adolescente para que a rede de saúde, educação e assistência social possa fazer um trabalho visando impedir que o problema se agrave e comprometa a vida desse jovem, da sua família e até da sociedade, com ele se transformando em um menor infrator, por exemplo. O curso é pioneiro em capacitar profissionais para essa finalidade.”, afirmou.

As aulas começaram na última sexta-feira (1) no Centro municipal Tecnológico de Educação, Cultura e Esporte (Foto: Divulgação/ Governo Municipal de Itanhaém)